"Considero como se fosse minha segunda pele", Douglas se declara ao Grêmio

Depois de conquistar a Taça Governador, meia reforçará o Tricolor na decisão da Liga das Américas, no dia 15 de maio


Fonte: Gaúcha ZH

Foto: Luciano Maciel/Grêmio Futebol 7
Douglas já entrou para a história do Grêmio ao fazer parte de elencos que conquistaram o Gauchão, a Copa do Brasil e a Libertadores. Não satisfeito, o meia escreveu mais um capítulo de sua relação com o Tricolor no último domingo (2). Aposentado dos gramados há quase um ano, o camisa 10 disputou sua primeira partida nas quadras de Futebol 7.



E não foi uma estreia qualquer. Aos 39 anos, ingressou nos minutos finais e ajudou o time gremista a consolidar a goleada de 8 a 2 sobre o Aldax Gaúcho, que rendeu a conquista da Taça Governador — o primeiro título do clube na modalidade.


Agora, a equipe se prepara para o grande objetivo da temporada: a final da Liga das Américas, contra o Sporting Guatemala, agendada para o dia 15. Porém, antes de embarcar neste novo desafio, o "maestro pifador" atendeu GZH com exclusividade e falou sobre a nova experiência. Confira:


Conta um pouco sobre como foi esta estreia em que você já comemorou um título.

É uma nova fase na minha carreira. Estou me dedicando ao máximo para aprimorar a adaptação e honrar essa camisa que considero como se fosse minha segunda pele.


Já faz dois meses que você foi anunciado, mas a estreia teve de ser adiada porque as competições foram suspensas por causa das medidas sanitárias da covid-19. Essa paralisação foi melhor para você, por ganhar mais tempo para se preparar ou atrapalhou?

A paralisação acabou atrapalhando um pouco o processo, mas agora com os treinos e jogos em maior sequência tenho certeza que em pouco tempo o time vai estar melhor entrosado e o preparo físico também. Sobre a estreia, até entrar em "campo", sempre tem aquele friozinho na barriga, mas depois que entra é só alegria por poder fazer aquilo que mais amo.


Qual foi a principal diferença que você notou do Futebol 7 para o futebol de campo? Mudou a sua posição?

A maior diferença é a intensidade do jogo e as dimensões do campo. Estou atuando como segundo de meio, jogando centralizado, semelhante ao meu posicionamento no campo.


Você jogou por quantos minutos no domingo? Como você está fisicamente?

No domingo, entrei no segundo tempo. Já tínhamos combinado com o treinador e com a direção de ir entrando aos poucos. O time do Grêmio tem uma qualidade incrível e estou aqui para ajudar em tudo que for possível para conquistar muitos títulos com o grupo. Sobre o condicionamento físico, estou trabalhando forte e evoluindo a cada dia. Em breve estarei no ideal da capacidade física e técnica.



O próximo desafio de vocês agora é pela Liga das Américas, que é o grande projeto do clube neste ano. Você vai poder atuar ao lado do Falcão. Já conversou com ele?

Recentemente conversamos durante uma live do Grêmio. O Falcão tem uma qualidade indiscutível. Espero que ele venha para agregar ao time na busca de mais esse título.

#gremio #imortal #tricolor #fut7 #douglas

LEIA TAMBÉM: Grêmio usa esteira com tecnologia da Nasa para aprimorar recuperação dos atletas lesionados

Grêmio vê Douglas Costa animado por retorno e tem emissário na Europa para monitorar liberação




Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

13/5/2021



























12/5/2021