Maicon celebra 15 anos de seu primeiro título e visa novas conquistas pelo Grêmio

Em 2005, o volante de 18 anos levantava a Taça Rio pelo Fluminense após vencer o clássico contra o Flamengo por 4 a 1


Fonte: Globoesporte.com

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
A última sexta-feira (03) marcou uma data especial para o volante Maicon. Há 15 anos, conquistava seu primeiro título como atleta profissional. O jogador relembra com carinho a conquista da Taça Rio pelo Fluminense na época e projeta mais conquistas no Grêmio, onde já trilhou grandes caminhos.



LEIA TAMBÉM: Há seis anos, Orejuela estreava como jogador profissional


Em 2005, com 18 anos, fazia parte do grupo do técnico Abel Braga e levantou a Taça Rio ao vencer o Fla-Flu por 4 a 1. Além desse triunfo, o Fluminense faturou o Campeonato Carioca em cima do Volta Redonda, com Maicon atuando no jogo de ida.

- Foi um título especial pela vitória no clássico e por ser o primeiro da minha carreira. Tínhamos um elenco muito qualificado e merecíamos demais aquela conquista. Reviver isso hoje é especial, pois foi lá que começou a minha trajetória e com muitos títulos até aqui. Quero continuar trabalhando para que eu consiga mais vitórias e títulos - disse o atleta, via assessoria de imprensa.



Maicon chegou ao Grêmio em 2015, e atualmente capitão, participou das conquistas da Copa do Brasil, Libertadores, Recopa Sul-Americana, dois Campeonatos Gaúchos e uma Recopa Gaúcha. Na temporada tem 10 partidas e no total já soma 203 jogos e 11 gols pelo Imortal.


Grêmio, Maicon, Título, História, Fluminense, Imortal

Grêmio divulga balanço financeiro dos meses de janeiro a março de 2020

Leia também: Grêmio quer fatia de R 120 milhões milhões de parceiros para vender Cebolinha ao Napoli





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

28/5/2020



Matheus Henrique e Arthur - 10:03 (0)

Matheus Henrique já superou Arthur no Grêmio?



27/5/2020