Veja as mudanças de Renato no começo da temporada do Grêmio

Técnico gremista alterou esquema nos primeiros jogos do ano


Fonte: GaúchaZH

Renato testou formação diferente nos primeiros jogos de 2020 LUIS ROBAYO / AFP
O começo de temporada do Grêmio até a parada por conta da pandemia de coronavírus mostrou um time com posicionamentos diferentes em relação aos últimos anos. O que mais chamou a atenção foi a utilização de três volantes no esquema 4-1-4-1. Everton mais centralizado foi outra medida adotada pelo técnico Renato Portaluppi.



Após iniciar o Gauchão com o garoto Patrick como meia central da equipe, Renato adotou o esquema com três volantes com a volta de Matheus Henrique após a disputada do Pré-Olímpico com a seleção brasileira sub-23. O primeiro teste foi no Gre-Nal vencido por 1 a 0, no Beira-Rio, pela semifinal do primeiro turno do Gauchão. O bom resultado fez o treinador dar sequência ao esquema. Renato, no entanto, nunca escondeu que só usou essa formação porque os dois meias principais do elenco, Jean Pyerre e Thiago Neves, não estavam 100% fisicamente.

— A gente mudou a maneira de jogar por não ter o nosso meia. Quando tivermos o nosso meia iremos jogar de maneira diferente — reforçou Renato após o Gre-Nal válido pela Libertadores, o penúltimo jogo do Grêmio antes da parada.

Everton
Uma forma adotada por Renato para tentar compensar a ausência de um meia foi mexer no posicionamento de Everton. Em alguns momentos, o atacante foi centralizado para ficar mais próximo do gol adversário. O jogo que isso deu maior resultado foi na vitória de 2 a 1 sobre o São José, quando o camisa 11 marcou os dois gols gremistas.

— O professor costuma falar para ficar mais perto gol, aproveitar minha potência. A gente já vinha treinando isso, é uma posição que gosto de jogar, mais como armador — avaliou o atacante após aquela partida.




Ainda sem previsão de retorno dos campeonatos, os clubes deverão passar por uma nova pré-temporada antes dos jogos recomeçarem. Com isso, Renato Portaluppi terá tempo para recuperar Jean Pyerre e Thiago Neves e voltar a escalar o Grêmio no 4-2-3-1 tendo um meia de origem na equipe.

Grêmio, Mudanças, Renato, Temporada

Grêmio se afunda ainda mais em noite terrível no Chile e sente clamor por mudanças

Grêmio é recebido com protesto na Arena após derrota na Libertadores





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/9/2020












17/9/2020