Grêmio negocia férias e salários com elenco durante paralisação por coronavírus

Não está afastada a possibilidade de suspensão de contratos até o fim do período de inatividade


Fonte: Correio do Povo

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
A direção do Grêmio negocia com o grupo de jogadores formas de manter o clube saudável economicamente no período sem partidas oficiais de futebol em decorrência da pandemia do coronavírus. Segundo o repórter Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba, o Tricolor teria oferecido antecipação das férias e redução salarial durante o período de paralisação.



LEIA TAMBÉM: Renato afirma que Grêmio fará nova pré-temporada após paralisação pelo coronavírus


Como o futebol pode retornar nos próximos meses, dependendo do fim da pandemia da Covid-19, a ideia dos dirigentes é antecipar o período de férias de janeiro para abril. Além disso, a direção propõe a redução de 25% nos salários até o retorno das atividades.

Os dirigentes não descartam até a suspensão de contratos, caso as partes não cheguem a um acordo. A liderança do elenco gremista está em contato com os demais integrantes para formular uma contraproposta.

A decisão deve ser tomada até o final da semana, pois o período antecipado de férias deve iniciar em abril. A negociação corre em paralelo com a que vem sendo discutida entre a Comissão Nacional dos Clubes e a Federação dos Atletas Profissionais de Futebol. A proposta feita pelos clubes e discutida entre elas prevê: férias coletivas de 20 dias a partir de abril, 10 dias de férias entre o fim do ano de 2020 e início de 2021, e redução de 25% nos salários dos jogadores durante a paralisação.



Na última segunda-feira, o departamento de Futebol e Médico do Grêmio optou por suspender por tempo indeterminado todas as atividades dos jogadores, comissão técnica e equipe de apoio. O retorno depende do fim da pandemia, mas os médicos podem “recrutar os atletas a qualquer momento para monitoramento, avaliações e/ou retorno aos treinamentos”.


Grêmio, Salário, Paralisação, Férias, Imortal

Grêmio divulga balanço financeiro dos meses de janeiro a março de 2020

Leia também: Grêmio quer fatia de R 120 milhões milhões de parceiros para vender Cebolinha ao Napoli





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

2/6/2020








1/6/2020