Grêmio muda o tom, diz que vai jogar contra o Flamengo

Tricolor faz consulta formal à CBF sobre a presença de torcida, mas deve ir a campo mesmo com público no Maracanã para evitar possível punição


Fonte: globoesporte.com

Lucas Uebel/DVG/Grêmio
Após ameaçar não jogar, o Grêmio mudou de tom e afirmou que vai entrar em campo contra o Flamengo na próxima quarta-feira, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, mesmo com a presença de torcida no Maracanã.



Na última semana, o clube enviou um ofício à CBF e pediu uma posição oficial da entidade sobre a venda de ingressos para a partida. O clube gaúcho questiona a presença de público no jogo da volta, já que não houve torcida na primeira partida, na Arena, em Porto Alegre.

Questionado sobre o assunto após a vitória deste domingo sobre o Ceará, Felipão afirmou que vai preparar o time para jogar, independente da polêmica dos bastidores. O clube também já tem toda a logística da viagem ao Rio de Janeiro definida desde a semana passada.

– A nossa parte é jogar futebol. Nossa parte nós vamos fazer. Vamos ao Rio jogar independente do que ocorrer em relação ao Flamengo, torcida, coronavírus, uma série de detalhes. Nós vamos fazer o nosso trabalho. Provavelmente, acredito que 100%, o Grêmio entrará em campo e faremos um jogo normal. Independente de liminar, se tem público ou não tem público. Isso aí no vestiário não entra – disse o treinador.


O Grêmio alega falta de isonomia e cita o protocolo estabelecido pela CBF para o retorno de público aos estádios. Pelo documento, a presença de torcida em jogos de mata-mata só seria permitida caso os dois clubes pudessem contar com permissão do poder público para receber torcedores.

De acordo com o vice de futebol Marcos Hermann, a direção aguarda a resposta da CBF sobre a consulta feita, mas se prepara para jogar. Até para não correr qualquer risco de sanções da entidade caso se negue a entrar em campo.

– O ato falho é do Flamengo, que não cumpre o que acorda, mas temos que avaliar os resultados de um eventual não comparecimento para um jogo da maneira mais ampla possível para não prejudicar o Grêmio não só no presente, mas no futuro. Vamos aguardar a resposta da consulta e vamos tomar uma atitude institucionalmente. Estamos nos preparando para jogar na quarta-feira contra o Flamengo – afirmou o dirigente.



Como perdeu o jogo de ida por 4 a 0, o Grêmio precisa vencer por uma diferença de cinco gols no Maracanã para avançar na Copa do Brasil. Até por isso, Felipão deve escalar uma equipe mista e poupar alguns titulares. Os dois times voltam a se enfrentar no domingo, também no Rio de Janeiro, pelo Brasileirão.




Grêmio

LEIA TAMBÉM: Veja 10 jogadores que poderiam reforçar o elenco do Grêmio no Brasileirão

E MAIS: Três desafios de Felipão para sequência do Grêmio




Comentários



Ulysses Salgado     

Parece que o Romildo quer ser o Bolsonaro. Garganteando bravatas o tempo todo. E o Grêmio pagando mico.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

22/9/2021






21/9/2021












Paixão Tricolor - 11:32 (0)

[OPINIÃO] A nova realidade do Grêmio