Edilson e Douglas se divertem ao explicar comemorações na banheira e elogiam titular gremista: “Um dos mais incríveis”

Amigos de longa data, Edilson e Douglas roubaram a cena nas comemorações dos últimos títulos do Grêmio


Fonte: torcedores.com

Inseparáveis, Edilson e Douglas viraram as “caras” dos últimos grandes títulos do Grêmio. Era como rotina: após levantarem a taça em campo, o destino era a banheira do vestiário. Por lá, cerveja, risadas e alguém para tirar a foto os esperava.



LEIA TAMBÉM: Grêmio reavalia planejamento e pode cancelar ida a SC para treinos; entenda


Neste sábado, em live com o cantor sertanejo Joel Carlo, os dois jogadores se divertiram bastante ao relembrar como as comemorações na banheira viraram meme na web:

Começou em 2010, quando ganhamos o Gauchão no Olímpico. Deveria estar um calor de 40 graus em Porto Alegre. A gente entrou no vestiário e tinha aquela baita banheira cheia de cerveja. Eu nem vi o Edilson e me atirei. Ele veio também. Tanto é que a gente nem viu que fez a foto. Até hoje não sei”, iniciou Douglas.

O detalhe é que a banheira já estava pronta lá nos esperando. Já sabiam que a gente ia ganhar. Alguém já sabia que o título era do Grêmio”, gargalhou Edilson.

Depois dos títulos da Copa do Brasil de 2016 e da Libertadores de 2017, a foto já estava ensaiada e combinada antes:

Aí depois teve a Copa do Brasil em 2016, na Arena, uma outra banheira. Tudo combinado pra fazer. Aí teve a Libertadores depois e foi no embalo”, concluiu o camisa 10.



Douglas e Edilson rasgam elogios a Matheus Henrique

Os dois experientes jogadores fizeram questão de rasgar elogios a um dos novatos do Grêmio, Matheus Henrique. Aos 22 anos, o volante se tornou titular absoluto do Grêmioe figura frequente nas convocações das seleções de base – no final de 2019, também teve chances com Tite na principal.

Lembro que o empresário dele chegou em mim e falou: “Edilson, cuida dele”. Cheguei junto no Matheus em um treino, falei que conhecia o empresário e que estávamos juntos, que ele podia contar comigo. Mas acabei saindo”, disse o lateral, antes de concluir:

E no Grêmio quem manda ali mesmo é o roupeiro, é a galera do vestiário, galera do apoio. Antes de sair, pedi pra eles cuidarem do Matheusinho. Ninguém chega em um lugar como ele por acaso. É por merecimento e pela humildade que ele tem”, acrescentou.

Douglas foi na mesma linha:

O Matheus é um fenômeno. E o melhor dele: sabe escutar, sabe ouvir e não retruca. Por isso ele é um dos mais incríveis que tem”.



Edilson, Douglas e Matheus Henrique não chegaram a jogar muito tempo juntos. Após dois anos no Cruzeiro, o experiente defensor de 33 anos teve o contrato rescindido recentemente e se encontra livre no mercado. Já Douglas acertou com o Brasiliense no início de 2020.


Grêmio, Douglas, Edilson, Banheiro, Título, Matheus Henrique, Imortal

Grêmio decide rescindir contrato de André e centroavante deixa o Tricolor; veja a nota

Obrigado, Everton! Rumo ao Benfica, deixe sua mensagem de boa sorte ao atacante que deixa o Tricolor Gaúcho





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

11/8/2020





10/8/2020