Do Barcelona à China: veja onde estão os jogadores tricampeões da América pelo Grêmio em 2017

Apenas seis nomes do grupo campeão da Libertadores em Lanús seguem no clube quase três anos depois do título


Fonte: Globoesporte.com

Foto: REUTERS/Agustin Marcarian
Quase três anos já se passaram desde aquele 2 a 1 do Grêmio sobre o Lanús, em La Fortaleza, que deu ao time gaúcho o tricampeonato da Libertadores. Somente seis jogadores do grupo que ergueu a taça seguem no Tricolor, enquanto o restante se espalhou da Europa à China. A Rádio Gaúcha retransmite o jogo do título a partir das 16h deste domingo.



LEIA TAMBÉM: Elite do futebol tem direitos de TV para mandantes como MP de Bolsonaro


Do time que entrou em campo naquele 29 de novembro, apenas Geromel e Bruno Cortez ainda vestem azul, preto e branco. Por suspensão devido ao terceiro cartão amarelo, Kannemann ficou fora da decisão e foi substituído por Bressan.

Além do argentino, Maicon, Everton e Paulo Victor continuam no Grêmio. O volante pouco conseguiu atuar naquela temporada por conta de uma lesão no tendão de Aquiles. Os outros dois eram reservas na época.

Fora os boleiros, o principal mentor do título permanece, com direito a estátua no entorno da Arena. Apesar da sua saída ser assunto recorrente no final de cada temporada, Renato Portaluppi se mantém no comando gremista.

Escalação da final: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Bressan (Rafael Thyere) e Bruno Cortez; Jaílson, Arthur (Michel), Ramiro, Luan e Fernandinho; Lucas Barrios (Cícero)

Veja onde estão os campeões de 2017

• Marcelo Grohe

Em janeiro de 2019, o goleiro deixou o Grêmio com destino à Arábia Saudita. Grohe fechou um ciclo de 19 anos no clube, com 408 jogos. A transferência ao Al Ittihad rendeu R$ 11 milhões.

Na campanha da Libertadores, protagonizou um dos lances mais marcantes na semifinal da competição, quando defendeu um chute cara a cara que recebeu o título de "Defesa do Século".

Edílson
Em janeiro de 2018, logo após o título da Libertadores, o Cruzeiro contrato o lateral-direito e cedeu ao Grêmio os jogadores Alisson e Thonny Anderson. Edílson foi uma das principais lideranças do time no tricampeonato da Libertadores. Recentemente, rescindiu contrato com a Raposa e está sem clube.

Pedro Geromel
Unanimidade no Grêmio, o zagueiro segue em Porto Alegre. Com as boas atuações em 2017, inclusive no Mundial de Clubes, e a regularidade acima da média, Geromel foi convocado por Tite e disputou a Copa do Mundo da Rússia, em 2018, pela seleção brasileira. Mas sequer entrou em campo.

Bressan
O zagueiro ficou marcado pela torcida ao cometer o pênalti que originou o gol da eliminação gremista para o River Plate, na semifinal da Libertadores de 2018. Em dezembro do mesmo ano, foi anunciado pelo FC Dallas, dos EUA. O zagueiro foi titular na final da Libertadores de 2017 devido à suspensão de Kannemann.

Bruno Cortez
Assim como Geromel, também segue no Grêmio. Nas últimas partidas antes da paralisação por conta da pandemia do coronavírus, Cortez revezou com Caio Henrique a vaga de titular. No entanto, por conta do retorno de Caio ao Atlético de Madrid, volta a ser peça fundamental no time de Renato Portaluppi.

Jaílson
O volante atualmente joga no Fenerbahçe, da Turquia. O Grêmio vendeu o volante em agosto de 2018. A transferência envolveu 4 milhões de euros, o que rendeu R$ 19 milhões aos cofres do Grêmio.

Arthur
Em 45 minutos jogados, pois se lesionou no fim do primeiro tempo, recebeu o prêmio de melhor jogador da final da Libertadores. Em julho de 2018, foi anunciado pelo Barcelona por R$ 140 milhões. Agora, está prestes a ser negociado com a Juventus, da Itália.

Ramiro
Em dezembro de 2018, o Corinthians adquiriu 70% dos direitos do jogador, que estava no Grêmio desde 2013. De lá para cá, alterna entre a titularidade e a reserva no Timão.

Luan
O Rei da América de 2017 viu sua longa passagem pelo Grêmio se encerrar em dezembro de 2019, após sucessivas lesões. O Corinthians comprou o camisa 7 por R$ 22 milhões. Luan começou bem a temporada de 2020, mas logo diminuiu o ritmo e começou a ser contestado em São Paulo.

Fernandinho
Um dos protagonista do título de 2017, com direito a gol na grande final, não entrou em acordo para a renovação ao fim da temporada. Então, o atacante seguiu para o Chongqing Lifan, da China, onde segue até hoje.

Barrios
Atualmente, o centroavante do tri está no Gimnasia y Esgrima, da Argentina, time treinado por Maradona. Após o Grêmio não renovar com o jogador no fim da temporada 2017, teve passagens pelo Argentinos Juniors, Colo-Colo e Huracán, até chegar ao atual clube, em janeiro deste ano.

Jogadores que entraram durante a partida

• Rafael Thyere:
contra o Lanús, o zagueiro surgido nas categorias de base do Grêmio entrou no lugar de Bressan. Ainda com vínculo atrelado ao Grêmio, Thyere teve empréstimo com o Sport renovado em janeiro deste ano. O contrato com o tricolor gaúcho vai até final de 2020.

Michel: substituto de Arthur na decisão, o volante teve problemas no joelho esquerdo que o tiraram da preferência de Renato. Desejado por Rogério Ceni, foi emprestado para o Fortaleza até o fim da temporada, mas se lesionou novamente. Michel tem vínculo com o Tricolor até dezembro de 2022.

Cícero: autor do gol da vitória no primeiro jogo da final, na Arena, Cícero ficou no Grêmio até o fim de 2018. Ele acertou com o Botafogo e foi anunciado em fevereiro de 2019. E por lá permanece.

Outros jogadores

• Douglas:
deixou o Grêmio no fim de 2018 e teve uma passagem apagada pelo Avaí em 2019. Depois de tentar atuar até mesmo no Gauchão de 2020, acertou com o Brasiliense, aos 38 anos.

Maicon: o volante não teve um participação marcante na Libertadores devido às lesões na temporada 2017. Com um bom início no ano seguinte, entrou na lista de suplentes da Seleção para a Copa do Mundo da Rússia. O capitão segue no Grêmio e já explanou o desejo de encerrar a carreira no clube.



Everton: o Cebolinha teve ascensão meteórica a partir de 2018, quando enfim assumiu a titularidade no Grêmio. Chegou ao auge com o título e artilharia da Copa América de 2019, pela Seleção Brasileira. Mesmo com sondagens e contato direto com o Napoli, ainda não recebeu proposta para deixar o Tricolor.

Léo Moura: o veterano teve participação importante no tri da América, mesmo na reserva, inclusive marcando o primeiro gol daquela campanha. Ficou no Tricolor até dezembro do ano passado. Atualmente, defende o Botafogo-PB.


Grêmio, Elenco, Campeão, Libertadores, 2017, China, Imortal

LEIA TAMBÉM:Vizeu. agora no Ceará, projeta reencontro com o Grêmio e elogia Renato: "Tem estrela"

E MAIS :Grêmio deve repetir fórmula dos últimos jogos e preservar alguns titulares no Brasileirão





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

30/11/2020











CAMPEONATO BRASILEIRO - 19:26 (0)

GOOOOOOOOOOLL!! Maicon amplia para o Grêmio










Jean Pyerre, Darlan e Matheus Henrique - 10:22 (0)

O ‘trio de 10’ que impulsiona o futebol do Grêmio




29/11/2020