Jogadores do Grêmio concordam em antecipar férias, mas exigem pagamento de acordo com a lei

Tricolor quer dar férias coletivas para todo o clube a partir do dia 1º, mas terá dificuldades para pagar os funcionários


Fonte: Correio do Povo

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
As negociações entre a direção do Grêmio e o grupo de jogadores segue durante o período de paralisação do futebol em razão da pandemia da Covid-19 para evitar uma deterioração das contas do clube. Segundo informações do repórter Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba, os atletas aceitam uma antecipação das férias, mas exigem o pagamento integral conforme a lei e o depósito do 1/3 constitucional até o dia 1º de maio.



LEIA TAMBÉM: Em função da pandemia do Coronavírus, Grêmio cede instalações do Estádio Vieirão ao município de Gravataí


A proposta do Grêmio oferecida aos representantes do grupo foi de pagamento parcelado e o 1/3 sendo quitado em dezembro. Os atletas ainda se mostraram contrários a oferta de redução salarial ou suspensão dos contratos, dois itens que constavam na proposta inicial do Tricolor.



Como pretende dar férias coletivas a partir da próxima quarta-feira e não tem os recursos para pagar todos os funcionários, a direção negocia também com o Sindicato dos Empregados em Clubes Esportivos. A previsão é que as negociações sigam em andamento até a próxima semana, mas podem se estender para o próximo mês.


Grêmio, Elenco, Férias, Pagamento, Covid-19, Imortal


PALMEIRAS CAMPEÃO MUNDIAL? SÃO PAULO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL? PALPITES PARA O ANO DE 2020

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: Gauchão deve ser retomado e pode ser disputado com o Brasileirão em andamento; entenda

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

2/4/2020





1/4/2020