Renato Gaúcho sai de UTI e terá alta na segunda-feira, informa boletim médico

Técnico do Grêmio realizou cirurgia para corrigir arritmia do coração no sábado e passa bem, informa hospital


Fonte: Globoesporte.com

A evolução de Renato Gaúcho segue conforme o esperado. Após passar por uma cirurgia no último sábado para corrigir arritmia no coração, o técnico gremista deixou a Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) para um quarto. E, a prosseguir com tal evolução, será liberado do hospital nesta segunda-feira, como revelou a nota do boletim do Hospital Moinhos de Vento:



LEIA TAMBÉM: Médico diz se Renato Gaúcho terá que mudar postura como treinador após cirurgia

- Renato permanece com o ritmo cardíaco normal - afirmou para depois emendar. - O técnico tricolor saiu da UTI e encontra-se no quarto, onde deve permanecer até amanhã, segunda-feira (7), conforme previsão de alta.

A cirurgia foi realizada no Hospital Moinhos de Vento, na capital gaúcha, e durou mais de quatro horas. Logo em seguida, o médico Leandro Zimerman, responsável pelo procedimento, concedeu uma entrevista coletiva acompanhado do médico do Grêmio, Paulo Rabaldo, para explicar detalhes. Segundo os médicos, a cirurgia foi bem-sucedida, sem maiores problemas.

O Renato tinha uma arritmia do coração, chamada fibrilação atrial. Não era algo que causava algum risco imediato de vida. Mas é algo que eventualmente poderia trazer mais problemas no futuro, uma questão de se sentir mal, alguns riscos. Então se optou por fazer esse procedimento, uma cauterização de algumas regiões do coração. Foi absolutamente tranquilo, o resultado foi muito bom. A gente pretendia fazer um isolamento de quatro veias de uma parte do lado esquerdo do coração, isso foi atingido. Ele está acordado, conversando, já está brincando – afirmou Zimerman ainda no sábado.

Nos próximos meses, Renato terá de tomar alguns medicamentos para evitar coagulação do sangue e não poderá praticar atividades físicas intensas. Em uma semana, ele deve voltar às atividades no Grêmio. Terá de tomar alguns cuidados, mas nada que prejudique suas atividades.

Renato convive com o problema há quatro anos, conforme relato de Rabaldo. A cirurgia seria feita ao término da temporada passada, em Porto Alegre, mas o treinador teve um quadro de gripe, o que impediu os planos do departamento médico gremista. Durante sua ausência, o auxiliar Alexandre Mendes deve comandar os treinos de pré-temporada do Grêmio.



Confira a íntegra do boletim médico:

"O paciente Renato Portaluppi, técnico do Grêmio, que foi submetido a um procedimento para tratar de uma fibrilação atrial no sábado (5), no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre/RS, recupera-se bem. Renato permanece com o ritmo cardíaco normal.

O técnico tricolor saiu da UTI e encontra-se no quarto, onde deve permanecer até amanhã, segunda-feira (7), conforme previsão de alta.

Porto Alegre, 6 de janeiro de 2019.

Leandro Zimerman, cardiologista e chefe do Setor de Eletrofisiologia do Hospital Moinhos de Vento

CREMERS 16023"













Grêmio,Renato Gaúcho,Mercado da bola

Leia também: "Renato fez o Grêmio do tamanho que ele é", homenageia Romildo Bolzan Jr

Leia também: "É o gesto do maior título do Grêmio, um abraço infinito", afirma Renato sobre estátua



Comentários



Deus no comando!Mito Renato!

Udacir Milani     

Boa sorte renato, tudo vai dar certo , Deus vai te iluminar sempre ,és o nosso ídolo tricolor , receba a benção especial, abraços, itapema SC Milani

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

26/3/2019






25/3/2019