Ramiro quer Grêmio jogando como uma final para jogo contra Corinthians

volante reforçou importância de vaga direta na Libertadores


Fonte: Correio do Povo

Entrar em campo como se fosse uma final. Assim o volante Ramiro quer que o Grêmio encare o jogo contra o Corinthians no próximo domingo, às 17h, na Arena, que vale uma classificação direta para a Libertadores da América de 2019 para o Tricolor.



Ramiro reconheceu que é difícil para o elenco do Grêmio, depois de tantas conquistas, encontrar motivação para brigar apenas pelo G4, mas ressaltou que é preciso encontrar uma forma de tratar o jogo de domingo como uma decisão. "A gente vem nos últimos anos sempre ganhando títulos e, infelizmente, este ano não tem mais essa possibilidade.



Falando por mim, brigar por vaga não é uma coisa que motiva tanto quanto brigar por título. Mas temos de buscar a motivação para o último jogo porque temos o objetivo de permanecer no G4. Por isso, domingo será como uma decisão para nós", afirmou o meio-campista, que reforçou a importância de entrar direto na fase de grupos da Libertadores.

Leia também :Ainda sem resposta sobre renovação, Grêmio se reúne com empresário de Renato

"A gente sabe que sem a vaga direta teremos jogos de mata-mata ainda sem estarmos totalmente preparados, tendo chance até de pegar uma altitude. Entrando na fase de grupos já chegaremos 100% para a Libertadores", seguiu.

Sobre o desempenho do Grêmio nas últimas partidas - derrota para o Flamengo e empate do Vitória -, Ramiro afirmou que vê o momento como uma oscilação normal do time.

"A gente oscilou em diversos momentos do ano. Não foi só neste final. Tivemos altos e baixos durante toda a temporada, como também ocorreu no ano passado. Isso é algo normal. Você não vai fazer todos os jogos em alto nível", avaliou.

Libertadores

Após a eliminação do Grêmio para o River Plate, Ramiro afirmou que não tinha interesse em assistir à final da Libertadores. No entanto, nesta terça-feira, ele comentou a confusão que ocorre sobre a realização do segundo jogo da decisão e disse que isso é resultado da forma como a Conmebol organiza o torneio.

"Não assisti ao jogo e a confusão a gente ficou sabendo porque foi inevitável. É um assunto que eu até nem quero entrar em detalhes porque a gente pode falar algo e acabar se complicando. Isso evidencia como o futebol sul-americano é lidado e como a entidade trata o futebol. A gente pode ver o nosso futebol manchado por essa coisas", avaliou.

Grêmio, Ramiro

Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

16/12/2018





15/12/2018