Marcelo Oliveira planeja futuro e pensa em jogar em outra posição no Grêmio


Fonte: Zero Hora

As diversas ausências por lesão, cartão e convocações para seleções, tem forçado Renato Portaluppi a buscar alternativas para formar o time do Grêmio. Por isso, jogadores de múltiplas funções tem sido importantíssimos para o treinador neste final de temporada.



Contra a Chapecoense, neste domingo (18), a zaga terá Marcelo Oliveira como novidade. No clube desde 2015, quando foi contratado para atuar ao lado de Rhodolfo, o ex-jogador de Corinthians, Palmeiras e Cruzeiro acabou se tornando lateral-esquerdo e desta forma foi titular na conquista da Copa do Brasil de 2016.

- Estou me sentindo bem. Como eu sempre deixei claro, a posição de zagueiro eu também jogo. Começou lá em 2013 no Palmeiras, foi até em uma Libertadores. Então estou bem acostumado a jogar ali - disse ele, após o treino realizado no CT Luiz Carvalho, na manhã deste sábado (17).

Um dos líderes do elenco gremista, Oliveira diz estar trabalhando a possibilidade de se tornar mais um zagueiro, deixando de lado a lateral.



- Isso eu sempre tive comigo, que pode chegar a hora de eu ficar em definitivo na zaga. A gente tem conversado, até porque eu não vou chegar aqui e falar que a partir de amanhã eu sou zagueiro. Então as conversas existem e eu tenho isso comigo, desde que comecei a jogar de zagueiro no Palmeiras.

Para o camisa 26 gremista, atuar como zagueiro é algo que o deixa muito à vontade.

Leia também : Leonardo Gomes já tem retorno marcado

- Eu gostei muito. Eu nunca tinha treinado tanto até jogar. Foi uma situação de que machucaram os zagueiros e o Gílson Kleina (técnico do Palmeiras em 2013) me perguntou se eu poderia jogar. Eu disse pode me colocar que tenho plena confiança pra jogar, pela noção de posicionamento. Joguei e me senti bem e o feedback dos treinadores sempre foi muito positivo. A minha estreia aqui no Grêmio foi de zagueiro, com o Felipão de técnico. Aqui joguei de zagueiro também com o Roger, que também falou comigo sobre esta situação, que certamente uma hora eu iri pra zaga e agora com o Renato eu tenho conversado, escutado o Renato, porque eu preciso ouvir também. A decisão é minha, mas eu também tenho de ouvir todo mundo e sempre foi muito positiva pra mim essa questão de atuar na zaga e por isso eu acredito que está bem próximo o momento de ter essa mudança.

E apesar de ter atuado em diversos momentos como zagueiro, Marcelo Oliveira ressalta que será a primeira vez que irá formar a dupla de zaga com Pedro Geromel.

- Eu estava brincando com o Geromel sobre isso. Ele é um grande jogador. A gente ainda não jogou junto - na zaga. Joguei com o Paulo Miranda, nos últimos jogos. Com o Geromel ainda não e vai ser uma honra pra mim jogar ao lado do mito, o Geromito.

O contrato de Marcelo Oliveira com o Grêmio irá se encerrar em 31 de dezembro de 2019. Desde sua chegada, ele atuou em 163 jogos e marcou cinco gols, sagrou-se campeão da Copa do Brasil de 2016, da Libertadores de 2017, do Gauchão e da Recopa Sul-Americana de 2018.

Grêmio, Campeonato Brasileiro, Marcelo Oliveira, 2019

Comentários



Rich Bronaut     

Não entendo como ele tem voz de líder no Grêmio com a falta de futebol dele.

Daniel Silva     

Sem chances. Muito fraco.

Claudio Pramio     

So se for de gandula o cara e ruim de lateral vamos levar para mais perto do gol ta maluco ele quer jogar xe zagueiro

Rodnei Vaz     

se lasquemo

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

12/12/2018












Despedida de Douglas - 08:39 (7)

Obrigado, Douglas!


11/12/2018