Odorico pede cautela na partida pela semifinal da Libertadores: "Não pode ser assumida como fácil de passar"

Dirigente vê semelhanças entre as duas equipes e cita oscilação como exemplo


Fonte: GaúchaZH

Leonardo Acosta / Agência RBS
Logo após o apito final da partida entre Grêmio e Palmeiras, a Libertadores passou a ser o assunto mais falado pela delegação tricolor. Um exemplo disso foi a entrevista coletiva de Odorico Roman, vice de futebol gremista. Neste domingo (22), o dirigente até começou analisando a derrota para os paulistas. Mas, logo em seguida, passou a projetar principalmente o confronto com o Barcelona-EQU.


E pregou cautela. Mesmo com o desejo de obter um bom resultado já em Guayaquil, que daria mais tranquilidade para o duelo da volta, na Arena, Odorico falou:

— Eu diria que semifinal de Libertadores não pode ser assumida como fácil de passar. Até porque se olhar o campeonato equatoriano (no qual o Barcelona não vence desde o dia 13 de agosto), e vemos situação deles, e olhamos o Campeonato Brasileiro, vemos o Grêmio também oscilando. Jogam com muita velocidade. Sabemos, conhecemos o adversário, os nossos jogadores têm recebido informações e não seremos surpreendidos. Se formos derrotados, não será por achar que estamos na final. Será por méritos deles.

Odorico Roman fez ainda outra comparação.

— Cada time tem seus problemas, suas questões. O Barcelona também tem lesão, suspensão. É difícil chegar todos jogos em condições ideais. Mas estaremos melhor do que estávamos semanas atrás. Temos o retorno do Luan, Michel, então vamos a Guayaquil podendo fazer bom jogo e até conseguir resultado que dê confiança de passar à final da libertadores.

Comentários



Jael. Arroyo. Marcelo Oliveira. Caio. Thiere. Bruno. Muita ruindade junto. Tem mais é que falar de Libertadores mesmo

meus amigos tem que poupar os titular

Manda embora esse Arroio e o Jael, são umas ínguas!!!

agora já deu o campeonato para os paulitas então não tem Desculpas sr Odorico roman tem que vir este título com sangue e dor

Não leve a mal , mas os jogadores e direção queriam essa situação de libertadores e poupar jogadores no brasileirão,então é obrigação ganhar a libertadores. Nem q tenham q arrumar vontade e força lá do outro mundo ou do inferno. Chega de bibibi pra la e pra cá. Título e resto é bobagem. o Renato e jogadores tem q saber q agora é matar ou matar. Grêmio campeão com todo meu apoio.

Time que joga fica azeitado e o que nao joga fica lento e enferrujado...Renato e Diretoria, deverian saber disso.

o Odorico está falando em cautela pra depois vir com desculpa
contra o Corinthians o Grêmio fez um jogo quase perfeito
pq poupar hoje tinha q ter jogado com o time titular para estar tinindo em Guayaquil
lembram o q aconteceu contra o NOVO Hamburgo e recentemente com o Cruzeiro 15 dias treinando e entra em campo caminhando achei q a direção e comissão técnica tinham aprendido a lição

Ruimar Muller     

Se jogar sem colocar o pé vai perder pois time que ganha liberdatores precisa de vontade é muita garra para ganhar, precisamos mudar a atitude para vencermos o Barcelona

Assim que fala ,parabéns Odorico pela palavras exatas ,o respeito e humidade faz muita diferença na partida em Guayaquil, um empate não é resultado ruim ,porquê aqui no sul é nós que mandamos. Daleeeeeeeeegremio.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/11/2017







Não foi relacionado contra o Santos - 11:45 (5)

Arroyo chegará a um mês sem atuar pelo Grêmio




17/11/2017