Em jogo com expulsões, Grêmio e Fortaleza ficam no empate em Porto Alegre


Fonte: UOL Esporte

Neste domingo (13), Grêmio e Fortaleza se enfrentaram em Porto Alegre pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A e o jogo terminou empatado por 1 a 1, gols de Diego Souza e Osvaldo. A partida ficou marcada pelo clima tenso no segundo tempo, resultando na expulsão do gremista Luiz Fernando e de Gabriel Dias, pelo lado dos visitantes.



O resultado mantém as duas equipes no meio da tabela de classificação com 12 pontos e perdem a chance de encostar nos primeiros colocados.

Na próxima rodada, o time comandado pelo técnico Renato Gaúcho enfrenta em casa a equipe do Palmeiras, enquanto o Fortaleza voltará aos seus domínios para jogar contra outro time do Rio Grande do Sul, desta vez contra o Internacional.

Mesmo com um jogo importante no meio de semana, Renato escalou os donos da casa com praticamente força máxima, visando somar pontos no principal torneio nacional. O tricolor gaúcho encara a Universidad Católica, fora de casa, pelo Grupo E da Copa Libertadores da América.

Chance perdida

O Grêmio perdeu a chance de retomar o caminho das vitórias e chegar a dois triunfos seguidos - na rodada passada, placar de 2 a 0 contra o Bahia. Com isso, o time também desperdiçou a oportunidade de se aproximar dos primeiros colocados.

Uma das principais peças do elenco do Grêmio, o volante Maicon preocupa o torcedor tricolor. Isso porque o experiente volante deixou o campo com fortes dores e foi substituído logo no primeiro tempo.

Duas tentativas

O gol do Grêmio saiu em cobrança de pênalti no começo do segundo tempo, só que Diego Souza precisou cobrar duas vezes para valer. Isso porque na primeira tentativa o atacante errou e o tento foi marcado no rebote por Luiz Fernando, porém o atleta invadiu a área antes da cobrança e a tentativa foi anulada pelo Var.

O melhor: Osvaldo

Além de fazer o gol do Fortaleza no primeiro tempo, o atacante ajudou na marcação e era a principal válvula de escape do Leão quando tinha a bola. A atuação não foi exemplar, mas o suficiente para se destacar na partida fraca tecnicamente deste domingo (13).

O pior: meio campo gremista

O meio campo dos donos da casa esteve longe dos melhores dias e as raras chances que o Grêmio teve ao longo do jogo foram de jogadas espontâneas e individuais. A falta de intensidade no setor foi fundamental para o resultado.

Atuação do Grêmio

O clube gaúcho teve como principal estratégia usar o atacante Diego Souza como referência e dar espaço para os jogadores de velocidade, como Everton e Alisson. Só que a dupla de zaga do time visitante se comportou muito bem, principalmente na primeira etapa, anulando as chances gremistas.

Atuação do Fortaleza

A equipe se comportou de maneira defensiva ao longo de toda a partida e conseguiu abrir o placar após um lance inesperado no primeiro tempo. A postura defensiva exagerada comprometeu o time no segundo tempo e os três pontos fora de casa não vieram ao grupo de Rogério Ceni.

Cronologia do jogo

Como já era esperado, o Grêmio tomou conta das ações iniciais, tendo maior posse de bola e maior tempo no campo adversário. A principal jogada era achar Diego Souza e criar pelas pontas após o centroavante ser acionado.

Porém, o time pecava nas finalizações e viu o Fortaleza abrir o placar após erro da defesa. Aos 16 minutos, o atacante Osvaldo cruzou na área e a bola entrou sem ninguém chegar perto da bola - o goleiro Vanderlei esperava um cabeceio adversário que não aconteceu.

O gol "inesperado" deixou os comandados por Renato Gaúcho mais impacientes e os erros começaram a aumentar, principalmente no setor de meio-campo, Para piorar, o experiente volante Maicon sentiu fortes dores e deixou o gramado ainda na primeira etapa.

No segundo tempo, o clima esquentou já aos dois minutos quando o árbitro da partida assinalou pênalti para o Grêmio. O gol de Diego Souza mudou o ritmo do confronto, já que agora o placar estava empatado.



Já aos 27 minutos, Luiz Fernando e Gabriel Dias se estranharam e quase se agrediram fisicamente, o suficiente para o árbitro mostrar o cartão vermelho para ambos, deixando os dois times com dez em campo.


Grêmio, Brasileirão, Empate, Fortaleza, Imortal

Grêmio se afunda ainda mais em noite terrível no Chile e sente clamor por mudanças

Grêmio é recebido com protesto na Arena após derrota na Libertadores





Comentários



Mais uma vergonha até parece que o Gremio não trena antes dos jogos todos os jogos só se ve o time adversário jogar no meio de campo ta tudo caminhando para o Gremio jogar a série B em 2021

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

17/9/2020

















16/9/2020
















Enxurrada de desfalques - 11:34 (1)

Renato estuda mudar Grêmio em era pós-Cebolinha