De saída do Grêmio, relembre a trajetória e títulos de Everton Cebolinha com a camisa tricolor


Fonte: Gremioavalanche.net

Everton Cebolinha não é mais jogador do Grêmio. O atacante acertou sua transferência para o Benfica nesta sexta-feira (7) e já segue para Portugal no domingo.



LEIA TAMBÉM: Obrigado, Everton! Rumo ao Benfica, deixe sua mensagem de boa sorte ao atacante que deixa o Tricolor Gaúcho


O acordo foi selado em aproximadamente € 20 milhões (R$ 125 milhões) e mais 15% de mais-valia (ganho em cima da valorização numa nova transferência). A negociação já estava acontecendo há alguns dias e foi consolidada nesta sexta-feira.

O jogador de 24 anos é tido como o principal reforço do Benfica para o seu ataque. Ele foi um pedido especial do recém contratado treinador Jorge Jesus, junto à outros nomes que disputam o Campeonato Brasileiro.

Relembre a trajetória do atacante:

Cearense de Maracanaú, a 24 quilômetros de Fortaleza, Everton teve os primeiros momentos de brilho no clube homônimo ao da Capital. Após se destacar em um torneio de base em 2012, chamou a atenção do Grêmio. Inicialmente, os gaúchos levaram o jovem por empréstimo. Pouco tempo depois, no entanto, o contrataram em definitivo.

A primeira chance entre os profissionais veio em 2014, no Gauchão. Porém, até 2017, o atacante nunca havia se firmado entre os titulares. Geralmente era uma boa opção vinda do banco. Mas, a partir de 2018, Cebolinha – apelido dado pelo lateral-direito Pará, então companheiro de Grêmio – passou a ter protagonismo no time de Renato Gaúcho.

As boas atuações pelo Grêmio renderam a Everton a primeira convocação para a Seleção Brasileira logo depois da Copa do Mundo da Rússia. Mas o grande momento do jogador com a amarelinha viria na Copa América, no Brasil, em 2019. Após iniciar a competição como reserva, ganhou um lugar no time titular e teve destaque no título. Com três gols, sendo um na final contra o Peru, foi artilheiro do torneio ao lado de Paolo Guerrero.

Após encerrar a temporada de 2019 com 20 gols em 57 jogos pelo Grêmio, foi apontado pelo tradicional periódico The Guardian como um dos 100 melhores jogadores do ano, ficando em 92º lugar.

Nesta temporada, o atacante soma três gols em 14 jogos. No total são 274 partidas oficiais e 69 gols.

Títulos e premiações do Cebolinha:

Everton coleciona ao longo da sua carreira, mesmo que recente, vários títulos, desde o time do Fortaleza até os dias atuais. Todos eles com a marca registrada da sua irreverência, como listamos abaixo:

• Pelo Fortaleza, no ano de 2012, campeonato cearense de futebol sub-17;
• Pelo grêmio, em 2016, a Copa do Brasil;
• Em 2017, Copa libertadores e campeonato gaúcho;
• Já no ano de 2018, a recopa sul-americana e campeonato gaúcho;
• A recopa gaúcha, foi vencida, com o grêmio, em 2019;
• Na seleção, foi campeão em 2019, com a Copa América e recebeu o prêmio de artilheiro da competição.

O dono de jogadas consideradas individuais brilhantes não poderia deixar prêmios também solo de fora da sua lista, confira:

• Seleção do campeonato gaúcho, em 2018 e 2019;
• Craque do campeonato gaúcho também em 2018;
• Melhor jogador da partida da copa américa de 2019;
• Chuteira de ouro na copa américa de 2019;
• Finalizando a copa américa com a seleção de 2019.



Suas maiores artilharias foram as seguintes:

• Artilheiro da recopa gaúcha de 2019, com 2 gols;
• Artilheiro da copa américa de 2019, com 3 gols.


Grêmio, Cebolinha, Trajetória, Títulos, Prêmios, Despedida, Saída, Imortal

Grêmio se afunda ainda mais em noite terrível no Chile e sente clamor por mudanças

Grêmio é recebido com protesto na Arena após derrota na Libertadores





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/9/2020




17/9/2020