Thiago Gomes analisa base do Grêmio como top mundial e cita elo com Renato: “Doutorado em futebol”

Ferreira, Renato, futuro… Torcedores.com publica entrevista realizada com Thiago Gomes, técnico da transição do Grêmio


Fonte: torcedores.com

Aos 36 anos de idade, Thiago Gomes trilha um caminho no futebol aliando teoria e prática. Tanto na CBF como na AFA, da Argentina, se capacita para buscar a “Licença A” de treinador e, assim, estar ainda mais preparado para desenvolver jovens atletas. Desde que chegou ao Grêmio em fevereiro de 2018, este é o seu foco: lapidar garotos do time de transição Sub-23 e seguir como suporte de Renato Portaluppi no profissional.



LEIA TAMBÉM: Conmebol divulga calendário dos jogos da Libertadores 2020; veja


A importância da transição, segundo o técnico, é ilustrada na figura de Ferreira – ainda em litígio e na Justiça contra o Grêmio, que deseja a renovação. O atacante ultrapassou a faixa dos 20 anos com várias correções técnicas e de fundamentos a serem feitas. No Sub-23, Gomes teve a oportunidade de lapidá-lo e confessa que, hoje, o jogador “é mais profissional que base”.

O Ferreira fortalece todo o trabalho da categoria Sub-23 no sentido que é um menino que já tinha estourado a idade Sub-20, aí foi para outros clubes por empréstimo, como o Aimoré, acabou não tendo sequência, voltou para o Sub-23 e fizemos um trabalho de lapidação nele. Ele respondeu perfeitamente na questão de evolução. Virou um jogador mais inteligente taticamente para resolver os problemas do jogo. Melhorou muito a finalização, melhorou as ações defensivas. Ele é mais completo a partir do trabalho no Sub-23”, disse Gomes, antes de enaltecer o trabalho da transição:

E toda essa evolução veio depois que já tinha estourado a idade Sub-20. Mostra a importância de ter um projeto como o nosso. Muitos atletas acabam a sua formação depois dos 20 anos, e o Ferreira é um caso assim. Ele tem treinado com o time Sub-23 normalmente. Tem cumprido horários e feito os treinamentos que a gente pede. Ele, no momento, está com uma idade acima dos outros nossos, porque temos um grupo muito jovem. O Ferreira, hoje, tem um nível de jogo muito mais profissional do que base”.

Base gremista como referência e rasgados elogios a Renato

Thiago Gomes se surpreendeu com uma ligação no celular de número não identificado na última semana. Vinha do Uruguai. Era um contato solicitado pelo Nacional, do Uruguai, para entender melhor como o Grêmio desenvolve a sua base. Esse episódio, em sua visão, é apenas um dos exemplos que fazem o tricolor ter hoje “a melhor base do Brasil e uma referência internacional”.

O nosso trabalho se tornou referência no cenário nacional. Fico muito feliz e posso falar para você que no cenário internacional também. Essa semana o coordenador-técnico de um clube do Uruguai pediu o meu contato para passar para o supervisor da base do Nacional. Justamente para falar um pouco mais sobre o trabalho de formação que tenho feito com os meninos. A base do Grêmio, na minha opinião, é a principal categoria de base do futebol brasileiro, porque trabalha com maior excelência. Por isso nos tornamos referência e para mim é um honra estar à frente deste trabalho no Sub-23 do Grêmio. O foco é seguir esse trabalho e buscar desenvolver os atletas”, contou.

A reportagem também quis saber se, em um cenário eventual, Thiago Gomes já estaria preparado para substituir Renato no time de cima. Mas ele não pensa nisso. Quer ver Renato “muitos e muitos anos” no Grêmio para seguir fazendo o seu “Doutorado em futebol” a partir do intercâmbio diário entre transição e profissional:



Eu torço para o Renato ficar muitos anos no Grêmio. Muitos anos mesmo. Além dele ser hoje, ao lado do Tite, o principal treinador do futebol brasileiro, eu me sinto privilegiado de estar trabalhando no Grêmio, que é uma honra muito grande, e ao mesmo tempo estar tão próximo do Renato. Pra mim, é evolução e aprendizado constante estar trabalhando no Sub-23, que é uma categoria abaixo do profissional. Eu posso ver o dia a dia do Renato mais de perto. Isso, pra mim, é um doutorado em futebol. Por isso que eu espero trabalhar ainda muitos anos no Grêmio para seguir tão próximo do Renato. Nesse momento, a gente está muito focado nesse trabalho no Sub-23 e eu sinceramente não penso em nada fora disso”, concluiu.


Grêmio, Thiago Gomes, Base, Ferreira, Renato, Imortal

Grêmio decide rescindir contrato de André e centroavante deixa o Tricolor; veja a nota

Obrigado, Everton! Rumo ao Benfica, deixe sua mensagem de boa sorte ao atacante que deixa o Tricolor Gaúcho





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

11/8/2020






10/8/2020