Jornal italiano diz que Grêmio recusou proposta do Napoli por Everton

Segundo Il Mattino, clube napolitano ofereceu 17 milhões de euros pelo atacante gremista


Fonte: Zero Hora

O jornal italiano Il Mattino publicou nesta quinta-feira (21) que o Grêmio rejeitou uma primeira proposta por Everton. De acordo com a publicação, a oferta seria de 17 milhões de euros (mais de R$ 100 milhões). O próprio presidente do clube, Aurelio De Laurentis, teria feito o contato e ouvido que esse valor seria insuficiente, já que o Tricolor só aceitaria abrir as conversas a partir de 28 milhões (acima de R$ 166 milhões).



Uma outra informação divulgada na Itália, esta pelo site CalcioNapoli24, é de que o presidente gremista Romildo Bolzan Junior, autorizou que o clube napolitano conversasse diretamente com o atacante. Na quarta-feira (20), GaúchaZH ouviu do pai do jogador, Carlos Alberto Soares, que este contato já havia sido feito.


O interesse do Napoli em Everton iniciou ainda quando Carlo Ancelotti dirigia a equipe. O próprio treinador chegou a ligar para o atacante gremista para tentar levá-lo para o Everton, da Inglaterra, clube para o qual se transferiu nesta temporada.



As atuações destacadas na última Copa América, quando levou a Chuteira de Ouro, como artilheiro, tornaram o jogador de 24 anos alvo de alguns clubes europeus. De acordo com empresários consultados pela reportagem de GaúchaZH, os scouters do Napoli mantiveram o interesse no atleta mesmo após a saída de Ancelotti. Para os analistas, os números do camisa 11 gremista são impressionantes e ele seria a peça ideal para suprir as saídas de José Callejón e Hirving Lozano, por ser mais rápido e goleador.

Grêmio, Everton, Napoli

Grêmio divulga balanço financeiro dos meses de janeiro a março de 2020

Leia também: Grêmio quer fatia de R 120 milhões milhões de parceiros para vender Cebolinha ao Napoli





Comentários



Claudio Ugolini     

Nao tamo pelado seus bocos ,aqui nao Clementina bota ,35 encima da mesa pra comersar a proza abcos

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

24/5/2020







23/5/2020