Grêmio quer bons jogos no Gauchão ganhar ritmo para a Libertadores, diz Cortez

Lateral considera que partida de ida das quartas de final do Estadual será complicada


Fonte: Correio do Povo

O Grêmio inicia neste domingo, no jogo de ida das quarta de final do Campeonato Gaúcho contra o Juventude, uma fase de decisões no ano, avalia o lateral Bruno Cortez.



O jogador defende que o clube buscará o título do Estadual, mas também usará para recuperar a confiança e a autoestima para encontrar o caminho da vitória na Copa Libertadores. “Sabemos da nossa qualidade, da importância de ir bem no Gauchão para ir bem nos outros desafios. Vamos ganhar ritmo de jogo para quando chegar na Libertadores, que é uma competição que o clube almeja, estar todo mundo preparado e à disposição para conseguirmos somar pontos”, diz.



O atleta projeta uma partida complicada, apesar do Tricolor ter terminado a etapa de grupos em primeiro lugar na tabela de classificação e os adversário em oitavo. “É sempre difícil jogar contra o Juventude. Eles não começaram bem, mas chegou outro treinador, tudo mudou e nessa fase tudo pode acontecer. A nossa equipe vai fazer como sempre com todo mundo, respeitar, correr, jogar nosso estilo para fazer um grande jogo e sair com um bom resultado”, avalia.

O Tricolor entrará em campo com vários desfalques. Éverton foi convocado para a seleção brasileira. A zaga será reserva, pois Kannemann está na Europa defendendo o selecionado argentino e Geromel não vai atuar por conta de uma lesão. “Vamos jogar sem eles, que são jogadores de alto nível, que conquistaram bastante títulos neste clube, mas que em está entrando está dando conta do recado e sabe da importância. O professor Renato sempre fala do foco ali atrás. Sabemos que a nossa equipe sofre poucos gols porque marca bem e não dá contra-ataque”, afirma. Ele ressalta que o plantel do clube é um dos diferenciais.

“Temos um grupo muito forte. Nossa equipe tomou poucos gols porque temos uma zaga sólida e um ataque que ajuda e marca bastante. Agora, é uma outra fase, nossa equipe está cheia de ‘cascudos’, sabe como é jogar o mata-mata. Estamos prontos, o professor conversa com a gente com tranquilidade. É foco total, porque é sempre jogo difícil, nunca tem jogo fácil para a equipe do Grêmio”, considera.

Após a derrota para o Libertad por um a zero na estreia da Arena na Libertadores, o time recebeu vaias de alguns torcedores. Corteza minimizou e disse que “os jogadores que estão no Grêmio estão prontos, pois sabem da grandeza desse clube e da importância de cada um”. “Sempre trabalho forte e venho buscando meu espaço. Todo jogador sempre tem que buscar o mais. em nenhum momento a crítica vai me abalar, só me motivar mais para poder trabalhar. Sempre que eu entro em campo dou meu melhor”, comenta.



Grêmio, Gauchão, Libertadores, Cortez

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: Vitória contra o Palmeiras serão exemplos para virada tricolor no Maracanã

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

18/10/2019


17/10/2019