Renato Gaúcho reconhece atuação fraca e evita caçar culpados no Grêmio

Comandante admitiu que o time não foi bem diante do Libertad, mas confia na reação do elenco no decorrer da competição continental


Fonte: lance

O sinal de alerta está mais do que ligado dentro do Grêmio. Invicto no estadual, o time de Renato Gaúcho vai mal das pernas na Libertadores. Nas duas primeiras rodadas, o Tricolor somou apenas um ponto e deixou a torcida preocupada com o futuro do time na competição.



Na coletiva de imprensa, o treinador evitou caçar culpados, mas admitiu que os jogadores tiveram uma atuação abaixo do esperado e confia na reação.

"Falei ao grupo que tem dia que é noite. Infelizmente não tivemos uma boa apresentação, não furamos o bloqueio do adversário. Tivemos bons e maus momentos. Tentamos mudar, reagir, buscar pelo menos um empate, mas, infelizmente, não conseguimos. Quando falo que tem dia que é noite foi o que ocorreu hoje. Não é o fim do mundo. Está todo mundo triste, mas sei a capacidade de reação deste grupo. Uma ou outra coisa que fizemos errado vamos corrigi, e vida que segue", afirmou.

Agora, o Grêmio deixa de lado a Libertadores e volta as atenções ao Gauchão. No domingo, o time tem o primeiro Gre-Nal do ano, na Arena, a partir das 19h (Horário de Brasília).




Grêmio, Libertadores, Renato Gaúcho

Leia também: Em protesto, Inter anuncia time reserva e muda contexto do GreNal


Leia também: Tricolor finaliza preparativos para o clássico deste domingo



Comentários



Joao Schernn     

Como caçar culpados ele é o treinnador do grêmio e como comandante do time só tem que colocar a jogar esse time jogou umas seis partidas esse ano tao desintrozados fora de forma e técnicamente em péssimo estagio fazer jogat em todas as partidas daqui pra frente pegar ritmo de jogo e mais entrosamento

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/3/2019













17/3/2019