Clubes podem fechar contrato bilionário para transmissão do Brasileirão no exterior


Fonte: 90 min

Brasileirão em pauta? Sim! Embora a edição de 2019 da maior competição do futebol nacional ainda esteja bem longe de começar, um ponto estratégico para o futuro do torneio estará em pauta nesta semana. Os clubes irão discutir e podem até fechar acordo pelos direitos internacionais do campeonato. E não seria um acordo qualquer.



Após fracasso na negociação com a RB Foot, foi realizada uma nova concorrência, e duas empresas se colocaram entre as finalistas.

A maior proposta, pelo que se sabe, é do fundo Prudent, que estaria oferecendo R$ 3 bilhões pelos próximos dez anos. Esse valor ainda poderia aumentar, com as equipes ficando com parte do lucro excedente com a revenda dos direitos. O dinheiro será dividido igualmente entre cada agremiação. Ou seja, descontando um percentual para a Série B, que seria de 10%, os cofres dos times engordariam em, no mínimo, cerca de R$ 13,5 milhões por temporada.

“Os valores de direitos internacionais no mundo só crescem, é um valor atrativo para a gente, mas lá fora não é muito alto. Se pensar no futuro, pode ser muito mais alto. Tem que melhorar o produto para se tornar mais atrativo”, disse Alex Rangel, consultor da Ernst & Young (empresa responsável por tocar este processo), ao blog do Rodrigo Mattos. Os clubes ainda devem lucrar com luvas, que funcionariam como um adiantamento. O que não está definido é se o contrato terá a participação da CBF. Conforme compromisso firmado, Globo e Esporte interativo têm a obrigação de ceder as imagens para quem adquirir os direitos internacionais.














Grêmio, Brasileirão, Transmissão, Contrato bilionário

Leia também: Em protesto, Inter anuncia time reserva e muda contexto do GreNal


Leia também: Tricolor finaliza preparativos para o clássico deste domingo



Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/3/2019













17/3/2019