Desistência em usar time de transição no Gauchão não é culpa de Thiago Gomes

A decisão do Grêmio se deu por uma incerteza em relação à capacidade do grupo de atletas


Fonte: Diario Gaucho

A desistência do Grêmio em usar o time de transição no início do Gauchão não pode entrar na conta do técnico Thiago Gomes.



A decisão se deu por uma incerteza em relação à capacidade do grupo de atletas, evitando a repetição dos resultados ruins apresentados em projeto semelhante no ano passado. Treinador não faz milagres.

Zé Alberto Andrade



Grêmio, time de transição

Leia também: "Renato fez o Grêmio do tamanho que ele é", homenageia Romildo Bolzan Jr

Leia também: "É o gesto do maior título do Grêmio, um abraço infinito", afirma Renato sobre estátua



Comentários



O que o Renato deve fazer é usar alguns da transição junto com os titulares , isso motiva e aprimora e desenvolve os da transição. So um ou outro time gera esgotamernto no principal e desanimo nos da transição.

Tem que mesclar .usar somente alguns dos jogadores de transição . Não o time inteiro .

Alexandre Neves     

Renato tá certo! Usar reserva quem não é titular joga ! Para com essa palhaçada! Preservar quem não joga!! É ao contrário quem é reserva precisa jogar! Ritmo de jogo quando entrar está pronto. Abraço

Claudio Pramio     

O Grêmio contrata um monte de atletas para a transição mas o time não tem condições

Edemar Rodrigues     

E claro que o gremio vai precisar usar o time de transiçao em uma hora que as competiçoes tiver em amdamemto todas elas o gremio nao vai comsequir jogar todas com o time primcipal......

Alexandre Veiga     

Ótima idéia . não adianta de nada um time ruim não saí nada de bom disso.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

26/3/2019






25/3/2019