Vasco se aproxima de acerto para ter Kleber, mas luta contra concorrência

De férias nos Estados Unidos, atacante é pretendido por vários clubes brasileiros, e Grêmio tem cautela antes de dar sinal verde para finalizar negociação por empréstimo


Fonte: Globoesporte.com

Kleber pode mudar de ares nas próximas semanas (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

A cada dia, o Vasco parece dar um passo em direção ao acordo para ter Kleber Gladiador. O clube aposta na boa relação com o Grêmio para vencer a concorrência pelo atacante, que já teve Botafogo e Corinthians na lista de interessados e agora vê Santos e Atlético-MG atrás de sua contratação. As garantias de pagamento exigidas pelos gaúchos estão sendo contornadas, o que aumenta ainda mais o otimismo em São Januário por um desfecho positivo em breve.

O salário do jogador é de R$ 500 mil, além de um aditivo de luvas mensal que varia entre R$ 120 mil e R$ 150 mil - no contrato, ficou estipulado que ele receberia R$ 1 milhão extras anualmente. O Cruz-Maltino só teria que arcar com metade do valor, superando um pouco seu teto atual. A fase do time na Série B e a hipótese da saída de Thalles, que vem sendo avaliado de perto por europeus, motivaram a nova carga em uma contratação de impacto. Além de Kleber, a diretoria pensa em até mais dois reforços. Possivelmente todos do meio para a frente.

O empréstimo do atacante, de 30 anos, seria até dezembro - com a possibilidade de ser estendido por mais seis meses, em outros moldes. Para o Grêmio, que investiu mais de R$ 10 milhões para tirá-lo do Palmeiras, a vitrine é importante para dar ritmo ao atleta, que é reserva na equipe de Enderson Moreira e vem de cirurgia no joelho recente. Kleber está de férias em Orlando, nos Estados Unidos, e pouco sabe sobre as conversas, até porque, por enquanto, os clubes não formalizaram o acordo. Mas atuar fora da elite não seria um obstáculo para concordar.

- Uma coisa é jogar a Série B por um Itumbiara. Sendo Vasco, Palmeiras, isso não é problema. Só que hoje, com o mercado que tem, vai para onde quiser - afirmou uma fonte envolvida.

No entanto, os gaúchos estão atentos a propostas mais vantajosas e adiam o sinal verde. O jogo duro, por exemplo, fez com que o Botafogo se afastasse depois de semana de conversa. Por outro lado, liberar o empréstimo gratuito e reforçar o elenco de um rival na disputa pelo título do Brasileirão não é visto com bons olhos e tem ajudado o Vasco.

O técnico Adilson Batista sempre foi um entusiasta da contratação, já que ambos trabalharam juntos na Raposa, em 2009, e foram vice-campeões da Taça Libertadores.

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: Após derrota no Ceará, Renato comenta sobre decisão contra o Flamengo: "Tudo pode acontecer"

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

23/10/2019





22/10/2019