[COPA 2014] Felipão aprova teste e vê Brasil preparado para estreia na Copa

Treinador deixa claro que time para a estreia está definido e que usará os treinos que serão realizados em Teresópolis para fazer ajustes táticos


Fonte: Globoesporte.com

Um teste de alta qualidade e que serviu para moar que o Brasil está no caminho certo para ter um ótimo desempenho na Copa do Mundo em menos de uma semana. Foi dessa maneira que o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, analisou a vitória sobre a Sérvia por 1 a 0, na tarde desta sexta-feira, no estádio Morumbi.

Felipão elogiou o time da Sérvia, deixou praticamente claro que a equipe que estreará diante da Croácia será o mesmo que iniciou o amistoso desta sexta e que usará os treinamentos finais que serão realizados na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro, para fazer pequenos ajustes táticos.

- O jogo foi muito bem jogado pelas duas equipes. A Sérvia só não veio para a Copa porque perdeu para a Croácia e ficou três pontos atrás. Gostei muito da Sérvia. Quando vi a postura deles no começo da partida, já sabia que seria difícil a vitória - afirmou.

Veja abaixo os principais trechos da coletiva:

OSCAR CORRE RISCO DE PERDER A POSIÇÃO?

- Quem escala sou eu. Não adianta Pedro, Paulo, João, Juca, quem quer que seja, dizer que ele está mal. Sou eu que decido quem vai jogar. Eu sou pago para isso.

DIFICULDADE PARA ATUAR DIANTE DE UM ADVERSÁRIO RECUADO

- Jogamos contra um Panamá que se defendeu atrás o tempo todo com os 11 homens. Diante da Sérvia, atuamos em 50 ou 60 metros apenas. No primeiro tempo, eles jogavam com quatro volantes e, mesmo assim, criaram duas chances de gol. Era difícil deslocar e receber. O trabalho tático que fizemos na Granja serve para esse tipo de jogo. Se não movimentar e não houver o passe com correção, toma-se o contra-ataque. Trabalhamos para buscar alternativas, mas o adversário era qualificado e complicou bastante.

DIFERENÇA ENTRE SÉRVIA E CROÁCIA

- Penso que uma das principais diferenças é que eles (croatas) têm dois jogadores muito criativos que erram poucos passes, o Rakitic e o Modric. Eles podem não ter a dinâmica de pegada da Sérvia, mas saem mais para o jogo. Teremos que fazer uma marcação na saída de bola desses dois jogadores para que a bola saia com menos qualidade e faça nos ter um maior controle no meio-campo.
COMPORTAMENTO DA TORCIDA PAULISTA

- As vaias apareceram porque é normal. Apareceram em Goiânia e em outros lugares. Os meus jogadores estão preparados e são sabedores que, quando não se joga bem, vão cobrar. Acho que o comportamento da torcida foi um belo cartão de visita. Dos 67 mil que vieram ao estádio, penso que pelo menos 65 mil foram embora satisfeitos. Os torcedores foram pacientes em muitos momentos e isso nos ajudou a buscar a vitória.

BRIGA POR POSIÇÃO NA EQUIPE

- Tenho bons problemas. William, Bernard, Fernandinho. Estou muito satisfeito, tenho um excelente grupo nas mãos. Se tiver alguma dificuldade, sei que posso colocar qualquer que está aqui e vai render o que espero. Não posso falar apenas de uma ou outra opção.

COMO O BRASIL ESTÁ NA VÉSPERA DA COPA

- Chegaremos bem. Estamos ansiosos para começar. Tudo que foi feito em termos de planejamento para que o time se apresente bem foi feito e está sendo feito. Fisicamente, não tem mais o que acrescentar, basta seguir o trabalho. Taticamente ainda podemos equilibrar alguma coisa e podemos melhorar bastante na bola parada. Ainda desperdiçamos uma ou outra jogada nesse tipo de jogada.

LEIA TAMBÉM: CBF: Renato visa no mínimo G-6 do Brasileirão, mas salienta: "Não faço contas"

LEIA TAMBÉM: Vitória contra o Palmeiras serão exemplos para virada tricolor no Maracanã

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

14/10/2019


13/10/2019