[COPA 2014] Agora é oficial: as listas completas das 32 seleções para a Copa


Fonte: FIFA

© Getty Images

Alguns treinadores definiram seus convocados para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™ antes mesmo do dia 16 de maio. Outros preferiram chamar um grupo mais amplo, de 30 nomes, para os últimos testes antes da decisão final. De qualquer forma, o dia 2 de junho foi o limite para que estes 32 comandantes entregassem à FIFA as listas definitivas contendo 23 nomes para o Brasil 2014.

E agora, é hora de conhecer cada um dos atletas que lutarão pela honra de levantar a taça no da 13 de julho.

No caso do Brasil, não houve suspense. Luiz Felipe Scolari anunciou no dia 7 de maio – sem grandes surpresas – os 23 jogadores que defenderiam a Seleção no Mundial em casa. A base foi mesmo o grupo que participou da conquista da Copa das Confederações da FIFA, com alterações pontuais. Assim como no ano passado, Neymar será a grande estrela da companhia, enquanto Thiago Silva certamente conta os dias para repetir o inesquecível gesto do dia 30 de junho, no Maracanã, desta vez com um troféu ainda mais importante.

Para Portugal, Cristiano Ronaldo é, ao mesmo tempo, esperança e temor. O craque, claro, faz parte do grupo final de Paulo Bento, mas as lesões que o incomodaram na reta final da temporada europeia deixam a comissão técnica – e todo um país – apreensivo.

Da mesma forma, nomes como Franck Ribéry, Luis Suárez e Arturo Vidal estão nas listas de França, Uruguai e Chile, respectivamente, e ganharam tempo para se recuperar. O Brasil 2014 ainda poderá ser o palco perfeito para que estrelas do porte de Lionel Messi, Wayne Rooney, Robin van Persie, Mario Balotelli, Mesut Özil, Andres Iniesta, entre tanto outros, brilhem.

Afinal, serão ao todo 736 jogadores, que chegam para o grande evento do futebol mundial com o mesmo objetivo. E a festa está perto de começar!

Mudanças de última hora
As listas apresentadas são definitivas, mas os treinadores ainda poderão substituir jogadores que sofrerem lesões graves até 24 horas antes da primeira partida de suas seleções. Para isso, a Comissão Médica da FIFA deverá ser informada e precisará aprovar a troca. O substituto não precisará necessariamente estar na lista de 30 jogadores anunciadas previamente.

LEIA TAMBÉM: CBF: Renato visa no mínimo G-6 do Brasileirão, mas salienta: "Não faço contas"

LEIA TAMBÉM: Vitória contra o Palmeiras serão exemplos para virada tricolor no Maracanã

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

14/10/2019


13/10/2019