1Win

Vitória com Pavón e Destaque de Geromel: Diego Costa Marca no início.

Vitória por goleada traz tranquilidade à Arena e ajustes de Renato são decisivos no jogo.


Fonte: -

Vitória com Pavón e Destaque de Geromel: Diego Costa Marca no início.

Mesmo com um pequeno susto após o gol de empate no primeiro tempo. Afinal, sempre tem que levar gol, a vitória por goleada retoma a tranquilidade na Arena. E, não, não estava tudo tranquilo. O próprio Grêmio escancarou isso desde não ir receber as medalhas até se fechar, não falar com ninguém até essa partida. Então, tinha que vencer. Renato fez algumas mudanças importantes. Coisas como Gabriel Grando de titular, Cristaldo de novo no time e a estreia do Diego Costa. E já adianto que entendi a lógica de dar chance pro Grando, mas eu e imagino que todo mundo queria o Caíque se consolidando pra ver se ele pode ser titular. Dava pra fazer isso e tirar a dúvida de todo mundo, Renato.

Pavón tá trabalhando para ser a melhor contratação da temporada. Dois golaços e uma assistência para o gol do Geromel. Artilheiro e ainda solidário. Isso fora os ameaços. No primeiro tempo, ele quase meteu um outro golaço, que pega na veia, mas a bola sobe demais. Chegou voando baixo. Nenhuma adaptação foi necessária. Ainda é o começo, mas eu confesso que não imaginava que daria tão certo de cara. Aliás, eu nem achava a contratação dele um baita negócio. Calou minha boca. Melhor em campo mais uma vez.

Diego Costa também fez o dele. Baita gol de falta. E o último tinha sido do Suárez, ainda no Gre-Nal do Brasileiro do ano passado. Mas as coincidências meio que param por ai. Aliás, tem uma segunda. Ambos são muito “reclamões” quando não tocam a bola pra eles. Nossa, eles gesticulam, brigam, xingam e tudo mais. Diego é idêntico ao Suárez. Quer todas. Só que, diferente do uruguaio, ele faz um jogo muito mais pra si. Pelo menos nessa estreia, foi o cara que todos seus movimentos são construindo algo pra sua finalização. Mesmo nas tabelas, ele foca em estar posicionado pra guardar. E isso jamais é um erro. É só uma maneira diferente de atuar. Ambos são gigantes.

Quero falar do Geromel. Ele não foi mega exigido, mas claramente foi uma partida emblemática. Teve simbologia até quando ele foi pro ataque chutar de fora da área nos últimos minutos do segundo tempo. Isso pra mim é quase um recado de quem diz que ainda tem algum fôlego. No meu entender, mesmo que o físico não esteja nem perto de antes, o grande problema defensivo não é dos zagueiros necessariamente e sim dos sistema de marcação.



VEJA TAMBÉM
- Grêmio perde para o Vasco em São Januário na estreia do Brasileirão
- Tricolor escalado para o jogo contra o Vasco
- Veja a provável escalação do Tricolor para o jogo de hoje





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

16/4/2024

15/4/2024