1Win

Caíque titular, Ely e apito que ganha jogo


Fonte: Leila Krüger.

Caíque titular, Ely e apito que ganha jogo
Caíque Foto: Gabriel Girardon

A derrota do Grêmio no GRE-nal desta semana, que praticamente garantiu ao Inter decidir o campeonato em casa, foi amarga para os gremistas.


Por um lado, todos vimos que eles não são aquela “seleção” que se pintava, isso que o Grêmio jogou sem Diego Costa e Soteldo, e sem entrosamento. Mas foi mais amargo porque houve muitas infelicidades: não importa como foi o jogo, o apito de Daronco deu a vitória ao Inter, em uma sucessão de erros contra o Grêmio e a favor deles. Incluindo pênalti fora da área no último lance, em que Alan Patrick se joga sobre o corpo de Kannemann, a falta já cometida antes da linha. Enrosca-se no argentino e se projeta. Falta, mas não pênalti. Houve falta ainda no gol de Maurício, não marcada, e dois pênaltis não assinalados para o Grêmio.


No entanto, não quero reclamar muito da arbitragem. Prefiro ser otimista, mais uma vez: o time do Grêmio tem potencial, está em formação, estamos aprendendo. Ely não pode fardar, Caíque hoje é o melhor goleiro do Grêmio atualmente - e, na minha opinião, do Rio Grande do Sul. Eu vinha avisando que o Inter não era essa coisa toda de que se falava, e está no seu auge, Grêmio vem em uma crescente e sofre com desfalques e falta de entrosamento.


Marche falhou em um dos gols colorados. Caíque teria espalmado facilmente aquela bola fraca, até por sua estatura: 1.98m, e a força nas mãos e pés descomunal como nunca vi, consegue colocar a bola com a mão na área adversária. Marchesín vem de um ano sem jogar, devido a uma lesão, e têm sido notórios seus rebotes desnecessários. Parece inseguro. Caíque, ao contrário, é garantia de imposição física e até psicológica. Renato terá coragem de ao menos testar Caíque como titular no próximo jogo, contra o Guarany, na Arena? E em uma eventual decisão com dois GREnais?


Como gremista, me sinto triste pela derrota e pelos erros de arbitragem que decidiram o jogo a favor do Inter - não vou mais bater nessa tecla, mas o que vale no jogo não é quem joga melhor, é quem é mais eficiente e consegue o resultado esperado.


Renato escalou errado, mas recebeu reforços muito tarde, e bons reforços, excelentes, Du Queiroz do Zenit e Pavón do Atlético-MG. Mesmo Marchesín não teve tempo de se adaptar, talvez. Ou talvez deva ser reserva. É hora de repensar o esquema tático e o time, ainda bem que ainda dá tempo. Não muito, mas dá.


Nota: faltam dois, não apenas um zagueiro. Kannemann pode melhorar? Pode, até porque o Grêmio deverá jogar com um 1o volante - Villasanti sempre foi 2o volante box to box. Du Queiroz seria esse motorzinho, quem sabe Dodi. Mas pode ser que o Grêmio, com Geromel virtualmente aposentado, Ely e Uvini insuficientes, e Gustavo Martins, campeão sul-americano Sub-20 pela Seleção Brasileira, escanteado... pode ser que o Grêmio precise de uma nova zaga titular. Então, eu diria que o Grêmio deve contratar dois zagueiros, mais um lateral-esquerdo, caso Mayk, revelação do Paulistão aos 24 anos, não nos surpreenda.


O campeonato não acabou.



Inter está no seu auge, entrosado e reforços adaptados, Grêmio, não. Grêmio está em formação. Renato deve decidir o esquema tático do Grêmio, que envolve mais marcação no meio. O Grêmio tem, sim, bons jogadores. Precisa melhorar o preparo físico, nem sempre é falta de vontade, como dizem, mas falta de fôlego e tática. Reverson Pimentel, o preparador físico, finalmente foi embora.


Dói perder GREnal. Mesmo que não fosse tão decisivo, a não ser pela melhor campanha e decidir o campeonato em casa. Só que os colorados ttêm perdido absolutamente todos os títulos e decisões em casa nos últimos anos.


Por fim, aspectos negativos fora do jogo: invasão de campo de torcedor do Inter, pedradas em ônibus com gremistas, torcida organizada do Inter postou suástica se referindo ao Grêmio - é grave, é criminoso. Haverá punição? Tendo em vista o histórico de punições à torcida colorada e à instituição Sport Club Internacional, pífias ou reduzidas, como contra o Caxias - nunca vi algo tão grave no futebol como naquele MMA de jogadores e torcedores colorados contra os atletas do Caxias que os eliminaram no Beira-Rio -, eu diria que não. Não na proporção adequada. Perde o futebol, ganha a violência.


Para terminar: nunca duvidem do Grêmio.


E lembrem-se de que Renato tem estrela. Teve como jogador, e tem como treinador.

VEJA TAMBÉM
- Grêmio perde para o Vasco em São Januário na estreia do Brasileirão
- Tricolor escalado para o jogo contra o Vasco
- Veja a provável escalação do Tricolor para o jogo de hoje





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

20/4/2024







19/4/2024