Luis Suárez no Grêmio: passagem do "Pistoleiro" pelo Brasil teve rolê em supermercado e muitos gols


Fonte: espn

Luis Suárez no Grêmio: passagem do Pistoleiro pelo Brasil teve rolê em supermercado e muitos gols
  • Email
  • Parecia até uma contratação do saudoso jogo "Football Manager", mas não: em 31 de dezembro de 2022, o Grêmio anunciou a chegada de Luís Suárez . A torcida tricolor se empolgou, talvez as outras tenham ficado com um pé atrás, achando que seria mais um veterano decadente a jogar no Brasil. Fato é que, ao fim da passagem do uruguaio pelo futebol cinco vezes campeão do mundo, é possível dizer que vimos de perto a genialidade de um dos maiores atacantes desta geração.

    Suárez conquistou dois títulos pelo Grêmio (Recopa Gaúcha e Campeonato Gaúcho ), esteve presente em 54 partidas, marcou 29 gols, deu 17 assistências e foi o Bola de Ouro no Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet . O camisa 9 capitaneou o tricolor vindo da Série B ao vice-campeonato do Brasileirão , apenas dois pontos atrás do campeão Palmeiras (e com mais vitórias, 21 a 20).

    Desde sua apresentação até esta sexta-feira (8), foram 337 dias de Suárez no Grêmio. Relembremos os melhores momentos desta passagem breve, mas histórica no futebol brasileiro.

    A chegada

    Em uma Arena com mais de 33 mil torcedores, o uruguaio vestiu a camisa do Tricolor e falou com a torcida pela primeira vez em 4 de janeiro de 2023.

    Ovacionado desde o primeiro momento em que entrou no gramado, o atacante foi surpreendido logo de cara com um vídeo especial feito pelo clube, com recados de ex-companheiros desejando boa sorte a ele.

    Arthur e Lucas Leiva, brasileiros identificados com o Grêmio, abriram a homenagem que ainda contou com recados de Sergio Busquets, Neymar e Diego Lugano. Ao fim, seus filhos gravaram um vídeo que emocionou ao pai.

    Ainda em português, Suárez mandou um desajeitado primeiro recado de agradecimento à torcida, antes de prometer muito empenho para buscar títulos com a equipe.

    “Boa noite a vocês, para mim é muito difícil falar português, mas vou falar isso: muito obrigado pela recepção a toda torcida, ontem, hoje pela manhã. A torcida está junto com os jogadores e acho que vão acontecer coisas muito importantes. Mas, agora, vou falar em espanhol, para me explicar melhor (risos)”, disse.

    “Primeiro, agradecer a Paulo, ao diretor, ao presidente por todo o esforço para chegar aqui. Depois de tomar a decisão, vendo todo o carinho da torcida, vi que era fácil. Recebi muito carinho nos últimos dias, só tenho que agradecer. Agora, prometo que vou jogar meu futebol, dar meu melhor, buscar títulos para que o Grêmio volte ao lugar em que deve estar. Agora, é começar a preparação, para que o ano tenho muitas festas”, completou.

    View this post on Instagram

    A post shared by Luis Suárez (@luissuarez9)

    Estreia com hat-trick e taça

    O primeiro jogo com a camisa tricolor veio no dia 17 de janeiro, na Arena do Grêmio, contra o São Luiz pela Recopa Gaúcha. Demorou apenas cinco minutos para ele marcar seu primeiro gol. E o camisa 9 completou o hat-trick ainda no primeiro tempo.

    O Grêmio venceu por 4 a 1 e Suárez já conquistou sua primeira taça.

    Gente como a gente...

    Não é só porque é um dos maiores atacantes da história que Luis Suárez "terceiriza" algumas das atividades comuns a qualquer cidadão. Um dia após sua estreia pelo Grêmio, ele foi flagrado no supermercado fazendo compras com a família.

    Problemas com cobranças de pênalti

    A primeira grande adversidade de Suárez no Grêmio foi o aproveitamento nas cobranças de pênalti. O uruguaio começou como batedor oficial do time, mas após perder três das quatro primeiras cobranças, a situação mudou.

    Mesmo assim, quando mais o tricolor precisou que ele convertesse um pênalti, na final do Gauchão contra o Caxias, ele o fez, dando a vitória por 1 a 0 ao Grêmio e o título com o clube. Seu último gol pelo clube também saiu dessa maneira, com uma cavadinha espetacular na vitória por 3 a 2 sobre o Fluminense, no Maracanã.

    Golaço no Gre-Nal

    O dia 21 de maio ficará marcado na história como o grande GreNal de Luis Suárez. O uruguaio fez um golaço de fora da área aos 7 minutos de jogo e iniciou o "atropelamento" por 3 a 1 do Grêmio sobre o Internacional no Brasileirão.

    Rumor de aposentadoria

    Surgiram notícias que Suárez estaria se aposentando do futebol devido às constantes dores no joelho. Em 29 de julho, o atacante veio à público e explicou a sua situação.

    ''É uma lesão crônica que tenho na região e não escondo de ninguém. O Grêmio sabia disso antes de eu chegar. Conversei com a diretoria, que sugeriu parar por um mês, um mês e meio. Eu não posso parar um mês'', começou por afirmar.

    "Se eu me comprometo, eu me comprometo a jogar e treinar. Se não for assim, me sinto como mentiroso. E essa honestidade tem que vir de mim. Da minha parte, parar e me recuperar. Fiquei 15 dias sem jogar. E me fez muito bem. A dor diminui. Não sei se vou seguir (jogando) ou se iria jogar em outro lugar. Mas sei que vou precisar diminuir a intensidade, isso com certeza'', disse Suárez.

    O vínculo do atacante com o Grêmio era até o fim de 2024, mas ele acabou anunciando que encerraria um ano antes. Tudo indica que o camisa 9 deve atuar em 2024 no Inter Miami ao lado de Lionel Messi.

    Hat-trick decisivo

    Em 9 de novembro, o Grêmio visitou o Botafogo no Rio de Janeiro e saiu perdendo por 3 a 1. Em 40 minutos, Suárez marcou três gols e virou o jogo para o time gaúcho, que com a vitória embolou de vez a briga pelo Brasileirão, com Grêmio, Botafogo e Palmeiras tendo 59 pontos cada.

    Detalhe importante foi que, por conta do show de Taylor Swift no Nilton Santos, o Fogão teve que mandar o jogo em São Januário. Se fosse no Engenhão, por conta da grama sintética, Suárez não teria jogado.

    Cidadão de Porto Alegre

    Em 28 de novembro, ele foi homenageado com a Medalha ao Mérito Farroupilha na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul e discursou em tom de despedida ao Imortal.

    "Gostaria de agradecer a cada uma das pessoas, mais do que tudo ao povo do Rio Grande do Sul, pelo carinho que me trataram desde o primeiro dia aqui. É uma confirmação de uma grande decisão que eu e minha família tomamos de vir para cá, a um país muito querido, onde sabíamos que seríamos bem tratados. Creio que o que fizemos todos os dias foi aproveitar, desde a primeira partida", iniciou.

    "Tento ser um ser humano como qualquer outro. Preciso ser pai, ser marido, ser amigo. Tento ser assim. Por isso, tentei que as pessoas do Rio Grande do Sul me vissem dessa forma, indo ao supermercado, buscando meus filhos no colégio, indo tomar um sorvete, levando minha filha na Hípica...", seguiu.

    "Aproveitamos tudo de lindo aqui em Porto Alegre, aproveitamos os arredores do Rio Grande do Sul. Fomos a Gramado, a um hotel fazenda... Aproveitamos muito! Por isso, para nós é um orgulho muito grande. A dor que te dá deixar uma cidade em que você fez amigo, na qual nossos filhos deixam grandes amizades...", lamentou.

    View this post on Instagram

    A post shared by Luis Suárez (@luissuarez9)

    A despedida da Arena

    Luis Suárez teve uma despedida de gala diante da torcida do Grêmio. Em duelo pela penúltima rodada do Brasileirão, o Tricolor recebeu o Vasco e venceu por 1 a 0, com uma linda pintura do uruguaio.

    Antes de a bola rolar para o compromisso, o clima foi de muita festa na capital gaúcha. No lado de fora do estádio, os torcedores ganharam máscaras personalizadas com o rosto do veterano e, já nas arquibancadas, prepararam bandeirões especiais para saudar o camisa 9.

    Após o apito final, já ao lado dos filhos e da esposa, deu uma volta olímpica no gramado e ainda recebeu uma homenagem, assistindo a um vídeo especial preparado para o atacante. E nem mesmo a chuva que caía em Porto Alegre estragou a festa, que foi repleta de emoção.

    Por último, antes de conceder a sua última coletiva pelo Grêmio, falou com a imprensa e deixou as suas impressões sobre a passagem pelo futebol brasileiro.

    "Eu acho que não se pode terminar um ano maravilhoso aqui, com a nossa torcida. À parte do que é o Suárez, do que o Suárez fez pelo Grêmio, tem que valorizar muito o time, que trabalhou muito, ganhou muitos jogos sem Suárez, tem que valorizar também. Não é só o Suárez. O meu trabalho é procurar fazer o melhor para o time, hoje é um dia especial, me despedir ganhando em casa, com a nossa torcida e ficar todos juntos para o próximo ano, que o Grêmio voltou aonde tinha de estar", começou por dizer, em entrevista ao Sportv.

    "Eu acho que eu, que tive a oportunidade de jogar em muitas ligas, aqui na América do Sul acho que é a mais difícil. Tem muitos jogos, mas é preciso manter a tranquilidade, fazer as coisas, entreguei todo o meu corpo para o Grêmio, com dor, sem dor, mas eu procurei fazer sempre a mesma coisa, que é jogar futebol, procurando que o Grêmio voltasse para aonde voltou", prosseguiu.

    "Sempre vou me lembrar de tudo o que aconteceu em diferentes estádios, jogos, as torcidas de outros times também me ajudaram para que eu me sentisse confortável e isso é muito importante para um jogador. Não é fácil jogar contra grandes times do Brasil e ver a torcida contrária comemorando o que você fez."

    Por último, Suárez foi questionado sobre os momentos especiais que vivenciou pelos gramados brasileiros e surpreendeu ao apontar aquele que levará consigo após deixar o Brasil.

    "Todos os momentos são especiais. Fico com o começo, que foi bem legal, começar fazendo três gols e terminando fazendo gol. O que mais eu posso pedir?", disse, antes de concluir.

    "Agradecer pelo carinho, a confiança. O Suárez está indo embora tranquilo, deixou tudo o que tinha que deixar em campo, fazer o melhor possível, jogar futebol e trabalhar com um time e um treinador que foram muito importantes."

    View this post on Instagram

    A post shared by Luis Suárez (@luissuarez9)

    De quebra, Suárez ainda ganhou um DVD de Renato Gaúcho.

    play
    0:44
    Renato Gaúcho entrega seu DVD a Suárez e faz todos caírem na risada após despedida do craque da Arena do Grêmio

    Suárez se despediu dos torcedores do Grêmio com golaço contra o Vasco

    A última dança...

    A despedida de Luis Suárez do Grêmio não poderia ter sido melhor. No Maracanã, o uruguaio marcou duas vezes na vitória tricolor por 3 a 2 sobre o Fluminense, que garantiu o vice-campeonato do Brasileirão para a equipe gaúcha.

    Bola de Ouro

    Luís Suárez faturou a Bola de Ouro na celebração do ESPN Bola de Prata SportingBet , que premia os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro em 2023. E o uruguaio foi às lágrimas ao receber o troféu.

    Destaque do Grêmio, vice-campeão da competição, o astro se emocionou ao relembrar todo o período que viveu no futebol brasileiro. Adaptação, questões físicas e saudades da família fizeram parte do ano de sucesso do uruguaio, que não segurou o choro durante a premiação.

    "Obviamente é um prêmio do time, de toda gente que trabalha no CT. Quando o Abel (Ferreira) estava falando... Eu pensava o mesmo que ele. É difícil para treinador e jogador".

    "Com quase 37 anos... O ano em que mais jogos tive na minha carreira... Mas também foi o ano em que fiquei mais longe da minha mulher e das minhas filhas (Se emociona). O prêmio é para eles, por todo sacrifício... todo sacrifício tem sua premiação. Obrigado a todos", discursou Suárez.

    Suárez fechou o Brasileirão com 33 jogos disputados e 17 gols marcados, além de 11 assistências. No ano, foram 54 partidas e 29 gols, além de 17 assistências.



    VEJA TAMBÉM
    - MUDANÇA! Grêmio tenta se remobilizar
    - ATENÇÃO! Grêmio procurou Niclas Eliasson
    - VAI JOGAR! Caíque será titular do Grêmio





    Comentários



    Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

    Enviar Comentário

    Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

    Leia também

    2/3/2024





















    1/3/2024