Lisca conta bastidores de conversa com Jean Pyerre sobre o Grêmio: “Ficou magoado”

Experiente técnico gaúcho Lisca dirigiu Jean Pyerre, ex-Grêmio, no elenco do Avaí durante a temporada de 2022


Fonte: https://www.torcedores

Após sair do Sport Recife e logo depois do Santos ao longo da temporada de 2022, Lisca ainda foi ao Avaí tentar, sem sucesso, tirar o time da zona do rebaixamento do Brasileirão. Por lá, encontrou o meia Jean Pyerre, que estava emprestado pelo Grêmio e chegou a ganhar oportunidades para jogar e mostrar futebol no clube de Santa Catarina, rebaixado à B e hoje com Alex na casamata.


Lisca, em entrevista concedida recentemente ao jornalista Duda Garbi, contou ter tido uma conversa com Jean logo em sua chegada ao clube. Nela, o jogador já se mostrava inclinado a se aposentar em 2023 e ainda indicava ter ficado “magoado” com alguns episódios no Grêmio:

“Quando eu cheguei no Avaí, ele falou pra mim e pra psicóloga do clube que pensava em se aposentar. Gostei de trabalhar com ele. Um cara bem articulado. Jogou bem comigo. Mas precisa ser mais atento na função sem a bola. Tecnicamente, bate bem na bola. Mentalmente, ficou muito magoado com tudo que aconteceu no Grêmio. Dele superar, ter força psicológica. Ele me dizia que tudo no Grêmio a culpa dele. Eu via que ele estava desgostoso com o futebol. Mas acho que ele ainda volta a jogar”, falou Lisca.

Recentemente, alguns rumores deram conta de que Jean Pyerre poderia voltar a jogar em clubes do exterior. O Grêmio, neste caso, gostaria de colocar uma cláusula que o liberasse do pagamento de rescisão referente aos meses restantes do contrato.

Além de Jean Pyerre, Lisca também elogia Luan
Outro velho conhecido dos gremistas a ter trabalhado com Lisca em 2022 é Luan. Com a camisa do Santos, o jogador chegou por uma indicação de Lisca e os elogios também são grandes:

“O empresário disse que sabia que eu gostava do Luan e que o Corinthians iria fazer um negócio bom para o Santos. Eu falei: ‘Beleza, vamos arriscar’. O Luan chegou há um ano e meio sem jogar. É duro. Naquele ano, a ideia era recuperar o cara e fazer ele jogar bem em 2023. Ele nunca reclamou de reserva, de não entrar. Comigo ele nunca saiu jogando, sempre entrava no segundo tempo”, contou Lisca, para em seguida complementar:

“O Luan é um jogador muito bom para jogar entre as linhas. Muito inteligente. Em trabalho de campo reduzido, se destacava. Mas ele precisa estar melhor condicionado, precisa ser mais rápido, recompor também. Eu trabalhava isso com ele. Durou um mês. Ele estava se dedicando. Não posso falar um “ai” dele. Dentro do projeto de poder trabalhar ele, fazer ele se preparar, eu trabalharia com ele de novo sim. Gostei de trabalhar com ele”.


VEJA TAMBÉM
- Farid dispara contra atacante do Grêmio: “Não pode jogar sob hipótese alguma”
- Roger Flores comenta estreia promovida por Renato no time do Grêmio: “Não é qualquer jogador”
- Torcidas de Grêmio e São José entram em confronto antes de jogo do Gauchão





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

30/1/2023



















29/1/2023