Mudanças no time e jogo diferente: como o Grêmio tenta a virada pelo hexa na Copa do Brasil

Após derrota por 1 a 0 no jogo de ida, Tricolor pode ter alterações e precisa vencer o Verdão para ser campeão neste domingo


Fonte: Globo Esporte

Foto: Lucas Uebel
Já com a temporada 2021 iniciada, o Grêmio enfim encerra um 2020 acidentado, mas com uma possibilidade de título nacional pela frente. Neste domingo, às 18h, o Tricolor duela com o Palmeiras no Allianz Parque, pelo jogo da volta da final da Copa do Brasil.

O caminho para o hexa pode ser marcado por caras novas no time para a decisão. E passa por uma promessa de "jogo diferente" após a derrota por 1 a 0 na primeira partida, na Arena do Grêmio.

O Grêmio precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para conquistar o hexa da Copa do Brasil. Se a vitória for por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis.

O principal ponto para esta decisão é a real possibilidade do técnico Renato Portaluppi, com contrato renovado na última sexta-feira, fazer ainda mais mudanças na escalação. São três possibilidades:

- Vanderson no lugar de Victor Ferraz na lateral direita;

- Ferreira no lugar de Alisson ou Ferraz na ponta direita (esta, menos provável);

- Lucas Silva ou Thaciano na vaga de Jean Pyerre no meio.

O fato é que, o próprio treinador deixou (muito) aberta a possibilidade de mexer em peças do time. Jean Pyerre também teve recentemente um desconforto e, apesar de estar treinando normalmente, pode ser sacado.

Também saem da boca de Renato as projeções para o jogo deste domingo no Allianz Parque. A conversa com o elenco teve um pouco sobre o tempero de decisões e as dificuldades no jogo.

O técnico diz que o time "tem que jogar", especialmente após a derrota no duelo de ida. Mas também cita a final da Libertadores, quando Santos e Palmeiras fizeram duelo truncado.

– Acima de tudo, o que não pode e no vai faltar é vontade, garra, entrega, determinação. Essas coisas, além da parte tática, é que não pode faltar no jogo. Até porque uma decisão é sempre complicada. Dei o exemplo da final da Libertadores entre Palmeiras e Santos, não teve situações de gols e aí o Palmeiras fez aquele gol no final – diz Renato.

Da mesma forma foram os primeiros 90 minutos, se aproveitou de uma falha nossa, mas tem mais 90 e tudo pode acontecer. São os últimos 90 minutos e pode ter certeza que vai ser um jogo bem diferente do que foi em Porto Alegre.
— Renato Portaluppi

Mobilização e jogadores resguardados

Desde a final do último domingo, nenhum jogador do Grêmio se manifestou sobre o jogo ou a final, exceto Ferreira na transmissão ainda no domingo. E depois, Guilherme Azevedo e Lucas Silva, que falaram durante a vitória sobre o Brasil de Pelotas, pelo Gauchão, na quarta.

É uma praxe do clube nos momentos mais difíceis, o que é repetido para a final. Evita questionamentos aos jogadores em entrevistas coletivas. Ao mesmo tempo, Renato se manifestou entrevistas a vários veículos na última sexta.

A renovação de contrato também foi uma maneira de reforçar a confiança no trabalho conduzido há quatro anos e meio. Sempre nos momentos mais complicadas da temporada 2020, o presidente Romildo Bolzan apareceu ao lado de Renato em manifestações, como ocorreu em entrevistas em agosto e setembro.

A viagem para São Paulo foi antecipada para a última quinta com concentração em Atibaia, no interior paulista. As lideranças do elenco, consultadas, aprovaram a decisão para dar mais peso ainda ao jogo de domingo.





Grêmio, Copa do Brasil, Mudanças

LEIA TAMBÉM: Pedro Geromel treina normalmente e vê retorno aos gramados se aproximar

Com legado vitorioso, Renato se despede do Grêmio após trajetória vitoriosa





Comentários



Luis Rogerio     

Hehehr. E PIFOU

Luis Rogerio     

Ainda bem que estamos iluminados, thaciano vai ser o pifador, o grisalho careca, vai dar tufo certo, contamos na final com o craque Thaciano em campo. Que ninguem queime mknha lingua

Pepê não devia esta mais nem no banco, o cara depois que foi vendido, quase não toca na bola mais nós jogos.

Rich Bronaut     

E tira o Ferraz que não tem velocidade para acompanhar o Rony e põe Vanderson. JP deve começar o jogo, mas na frente do Maico e Matheusinho.

Rich Bronaut     

Tira Alison e põe Ferreirinha. Entre Pepê e Ferreirinha trocando de lado constantemente, não vai ter defesa

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

20/4/2021


Novo treinadaor? - 18:02 (0)

Como Tiago Nunes montará o Grêmio?















19/4/2021