CBF reajusta premiação da Copa do Brasil, e campeão pode embolsar mais de R 73 milhões em 2021

Sete clubes gaúchos participarão da competição neste ano


Fonte: Zero Hora

Kin Saito / CBF/Divulgação
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quinta-feira (4) o reajuste das premiações da Copa do Brasil para a edição de 2021. A segunda competição mais importante do país segue sendo a mais rentável aos clubes. Para se ter uma ideia, o time que levantar a taça poderá embolsar a quantia de R$ 73,65 milhões.



Somente na final, a equipe vencedora irá receber R$ 56 milhões, dois milhões a mais do que em 2020, enquanto o vice ficará com R$ 23 milhões. Todos os valores das demais fases foram atualizadas.

Sete clubes gaúchos participam da Copa do Brasil neste ano. Além de Grêmio e Inter, que entram diretamente na terceira fase por estarem na Libertadores, Caxias, Esportivo Juventude, Santa Cruz e Ypiranga também estarão presentes.



Premiação da Copa do Brasil em 2021
Campeão - R$ 56 milhões
Vice-campeão - R$ 23 milhões
Semifinalista - R$ 7,3 milhões
Quartas de final - R$ 3,45 milhões
Oitavas de final - R$ 2,7 milhões
3ª fase - R$ 1,7 milhão
2ª fase - R$ 1,35 milhão (Grupo 1), R$ 1,07 milhão (Grupo 2) e R$ 675 mil (Grupo 3)
1ª fase - R$ 1,15 milhão (Grupo 1), R$ 990 mil (Grupo 2) e R$ 560 mil (Grupo 3)

Grêmio, Copa do Brasil, premiação

LEIA TAMBÉM: Pedro Geromel treina normalmente e vê retorno aos gramados se aproximar

Com legado vitorioso, Renato se despede do Grêmio após trajetória vitoriosa





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

20/4/2021


Novo treinadaor? - 18:02 (0)

Como Tiago Nunes montará o Grêmio?















19/4/2021