Grêmio revive dilema e estuda trocar formação para final contra o Palmeiras


Fonte: UOL

Foto: Fernando Alves
O Grêmio não esperava pelo que está acontecendo. Nos momentos que antecedem os jogos mais importantes da temporada, o Tricolor caiu de rendimento e perdeu identidade. Ao rever um dilema que tinha no início do ano passado, Renato Gaúcho cogita até mudar a formação do time.

O início de 2020 marcou um momento de oscilação no "modelo Grêmio". O time de posse de bola, ofensivo, montado com um armador, dois extremas e um atacante, além de volantes que participavam da criação de jogadas, não funcionava como em outros momentos. Ali, Renato Gaúcho começou a planejar uma alteração de caminhos.

Ao invés da fórmula que consolidou o time campeão da Copa do Brasil de 2016, da Libertadores de 2017 e da Recopa de 2018, daria lugar a uma formação com três marcadores no meio. A posse de bola seria trocada pelo contra-ataque, com as linhas mais baixas e uma saída em velocidade.

No Campeonato Gaúcho, vários jogos foram teste para este modelo. O resultado, porém, não agradou. Depois de jornadas ruins no Estadual e até mesmo na Libertadores, Portaluppi definiu que retomaria o que havia dado certo em anos passados.

Neste momento, Jean Pyerre passou a ser utilizado com mais frequência e fez bons jogos, assumindo protagonismo que o meia da equipe precisa ter sob este modelo de jogo. O rendimento cresceu e abafou a chance de troca.

Mas, novamente agora quando começa 2021 ainda com a mesma temporada em andamento, os encaixes foram perdidos. O rendimento de Jean oscila a cada jogo e o time perdeu a capacidade de criação a partir dos volantes, principalmente quando não tem Maicon.

Desta forma, Renato avalia a possibilidade de sacar o armador e colocar mais um volante. Neste cenário, Maicon atuaria com Lucas Silva e Matheus Henrique pelo centro, deixando os lados com Alisson e Pepê. Caso o capitão não tenha condições de jogar, Thaciano e Darlan são as alternativas.

Após a derrota contra o São Paulo, o treinador gremista admitiu a possibilidade de mudar pelas e alterar o esquema. É necessário proteger o sistema defensivo, que não terá Geromel na final da Copa do Brasil e ainda vive dúvida sobre a condição de Kannemann.

Os trabalhos dessa semana indicarão se o jogo contra o Athtletico-PR, domingo (21), pela penúltima rodada do Brasileirão, será oportunidade para observar um novo esquema. Caso Renato opte pelos três marcadores, estará colocando em prática uma alternativa para os jogos que valem a taça do torneio de mata-mata.





Grêmio, Renato Gaúcho, Dilema

LEIA TAMBÉM: Venda de Pepê ao Porto é a terceira maior da história do Grêmio; veja o ranking

LEIA TAMBÉM: Atender Renato ou manter controle? Grêmio vê impasse para próxima temporada





Comentários



Darlan/Matheus dando mais liberdade pro Maicon e Alisson com Pepê e D.Souza no 4-4-1-1

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

4/3/2021








3/3/2021







CAMPEONATO GAÚCHO - 19:10 (0)

TRICOLOR ESCALADO! VEJA O TIME DO GRÊMIO