Emocionado, Diego Churín se despede do Cerro Porteño sendo homenageado


Fonte: Lance!

Foto: Reprodução/Twitter Club Cerro Porteño
O atacante argentino Diego Churín está apenas pelos trâmites burocráticos e pelo anúncio oficial do Grêmio para ser considerado como reforço da equipe brasileira.

Isso porque, além das palavras ditas na noite da última quinta-feira (22) por Renato Portaluppi, o jogador de 31 anos foi homenageado com um bonito conteúdo produzido pelo Cerro Porteño, clube o qual ele defendia desde 2017.

“Pelos gols, pela paixão, pelo compromisso, pelo amor a essas cores, muito obrigado, Churín! Te esperamos sempre no Bairro!”, escreveu o Cerro na legenda do conteúdo especial.

Em material onde lances de Churín eram mostrados ao fundo enquanto ele falava sobre como viu a sua trajetória desde a chegada, passando pelos gols e a identificação com clube, torcida e companheiros até o fato de alimentar um sentimento de profunda identificação, Diego chegou, inclusive, a se emocionar em seu relato.

Nas 128 partidas realizadas com a camisa do clube do Barrio Obrero, o avante marcou 53 tentos e levantou duas taças nacionais: o Clausura de 2017 além do Apertura de 2020 sendo que o último deles teve um sabor especial pela interrupção do que poderia ser o pentacampeonato nacional do arquirrival Olimpia.

Confira abaixo o testemunho de Churín em sua despedida do Cerro Porteño.

"Vir para o Cerro Porteño me gerava muita expectativa, seguir dando passos adiante na minha carreira, com muitos sonhos e muita responsabilidade por saber que vinha para um clube grande. Poder ser campeão, o goleador do torneio, o estádio cheio gritando gols meus, a verdade é que foi tudo como eu sonhei. Aquele dia contra o Sol de América eu jamais vou esquecer.

Nesses dois anos onde talvez as coisas não foram bem, onde não conseguimos títulos, onde as coisas não aconteciam foi quando eu entendi verdadeiramente o que era o clube, o quão pasional que é. Por isso me sinto tão identificado com toda essa loucura, com toda essa paixão que representa o clube e que me demonstrou no dia a dia. E em 2020, apesar de ser um ano atípico para todo o mundo, foi bem o Cerro Porteño. Arrancar patinando para demonstrar depois que, com a união, esse clube consiga ser maior do que ele já é.

Nos anos que vivi aqui fui feliz e levo muitas lembranças bonitas e vou ser um torcedor mais, do outro lado do campo, para que o Cerro Porteño vá bem e são tantas demonstrações de carinho que nem consigo entender.

Vou sentir falta do clube, das pessoas, dos meus companheiros, amigos que estou deixando no clube e no país e, para o torcedor, se tem algo que não tem cura é a paixão que vocês tem. Se eu me emociono é porque estou orgulhoso de ter vestido essa camiseta e de ter me sentido como um de vocês desde o início. Para mim, o Cerro Porteçno não vai deixar de ser nunca a minha equipe. Mesmo quando acabar a minha carreira, ele sempre vai estar presente em mim.

Hoje estou indo, chegou a hora de seguir escalando na minha carreira, mas a paixão que vocês fizeram eu viver todos esses anos, para mim o Cerro vai significar muito até o dia da minha morte."

Grêmio, Churrín, Despedida, Cerro Porteño

LEIA TAMBÉM:Vizeu. agora no Ceará, projeta reencontro com o Grêmio e elogia Renato: "Tem estrela"

E MAIS :Grêmio deve repetir fórmula dos últimos jogos e preservar alguns titulares no Brasileirão





Comentários



Rubens Mendes     

Vamos tomar o caminho de muito boas e memoraveis VITORIAS .... CHURIN que tu traga em sua bagagem muitos e muitos GOLs..... seja bem vindo ao IMORTAL do sul do Brasil... forte abraco

Seja bem vindo o Gremio e nós torcedores te esperamos de braços abertos

Seja bem-vindo GUERREIRO,??????????

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

27/11/2020












26/11/2020