Dinheiro da China e parceria com empresário português: veja tudo o que está por trás do clube inglês interessado em Pepê

Wolverhampton terminou em sétimo na edição 2019/2020 do Campeonato Inglês, à frente de clubes tradicionais como Arsenal e Everton


Fonte: GaúchaZH

Foto: Wolverhampton / Divulgação
Embora não faça parte do "big six", grupo dos seis principais clubes do futebol inglês, o Wolverhampton é um dos times de futebol mais antigos da Inglaterra, com 143 anos. Mas, depois de anos nas divisões inferiores, retornou à elite do país na temporada 2018/2019 para incomodar os grandes. Tanto que, na última edição do Campeonato Inglês, terminou em sétimo, três pontos à frente do gigante Arsenal, por exemplo.



LEIA TAMBÉM: Grêmio inicia as comemorações de seus 117 anos nesta segunda-feira


Mas o que o clube tem a ver com o futebol gaúcho? Pois bem, no início da semana, GZH noticiou que os Wolves, como são conhecidos, apresentaram proposta pelo atacante Pepê, do Grêmio. Os valores não foram divulgados, mas a oferta agradou ao Tricolor. O problema é que os ingleses tinham interesse em levar o atleta agora, o que a direção gremista não concordou, já que espera contar com o garoto ao menos até o fim da temporada.

Ninguém quer trancar a "porta" de ninguém aqui, mas também tem que compreender que depositamos uma enorme confiança no atleta e fizemos de tudo para dar essa condição para ele no futebol brasileiro e internacional. O Grêmio não pretende fazer nenhuma venda neste ano. Vou te dizer que vou resistir? Farei o máximo para isso — afirmou o presidente Romildo Bolzan Júnior.

Com contrato até dezembro de 2024 com o clube gaúcho, Pepê segue na mira da equipe inglesa, que conta com o dinheiro chinês para investir pesado em reforços. Isso porque em 2016 o Wolverhampton foi comprado pela Fosun International, um conglomerado de empresas da China, com foco em investimentos, que assumiu o controle do time.

Este mesmo conglomerado chinês tem um percentual da Gestifute, empresa de gestão de carreiras fundada pelo empresário Jorge Mendes, que representa figuras como Cristiano Ronaldo e José Mourinho. Por conta dessa parceria, nos bastidores dos Wolves o idioma mais falado é o português.

Desde 2017, o técnico é Nuno Espírito Santo, ex-Porto. Em campo, são 10 portugueses e um brasileiro — o lateral-esquerdo Fernando Marçal, ex-Grêmio, contratado para esta temporada. Entre os principais destaques do time estão o goleiro Rui Patrício, o volante Rúben Neves, o meia João Moutinho e o atacante Diogo Jota, todos portugueses. A equipe acabou de contratar mais um atleta luso: o atacante Fábio Silva, do Porto, por 40 milhões de euros (cerca de R$ 250 milhões).

Claro, há jogadores de outros países como o zagueiro e capitão Conor Coady, que é inglês, o extrema Adama Traoré, espanhol, e o centroavante Raúl Jiménez, mexicano. Mas o idioma predominante é, de fato, o português, o que poderia facilitar a vida de Pepê na chegada à Europa.

Quanto ao modelo de jogo, a equipe está acostumada a jogar com três zagueiros e três atacantes, variando, por vezes, para uma linha de cinco no meio e dois atacantes. Em qualquer um dos cenários, Pepê seria uma opção ao português Diogo Jota, 23 anos, que está disputando a Liga das Nações Europeias com a seleção portuguesa e, constantemente, é alvo de assédio de ouros clubes europeus.



Assim, o guri do Grêmio seria uma alternativa para o setor. As boas atuações pelo clube gaúcho o mantém no radar dos ingleses, que poderão fazer nova investida. E, como sabemos, dinheiro não é problema para a equipe, que tem dinheiro da China e a parceria com um dos maiores empresários do futebol mundial.


Grêmio, Pepê, Mercado, Wolverhampton, China, Imortal

Grêmio se afunda ainda mais em noite terrível no Chile e sente clamor por mudanças

Grêmio é recebido com protesto na Arena após derrota na Libertadores





Comentários



Rich Bronaut     

Espero que o interesse dure até o fim da temporada do Grêmio.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

17/9/2020

















16/9/2020
















Enxurrada de desfalques - 11:34 (1)

Renato estuda mudar Grêmio em era pós-Cebolinha