Números do Grêmio na Venezuela dão ainda mais confiança a equipe

Estatísticas demonstram um histórico de bons resultados quando o Tricolor Gaúcho desembarca no país pela Libertadores


Fonte: Lance

Foto: Lucas Uebel/Grêmio
Ter números positivos quando se atua fora de seu país já não é algo tão comum para o equilíbrio de torneios como a Copa Libertadores, por exemplo. Até mesmo por isso, os dados que o Grêmio acumula quando joga na Venezuela se tornam ainda mais relevantes e animadores pensando no embate contra o Monagas na noite de hoje (15).



Ao todo, reunindo quatro participações anteriores do clube gaúcho em solo venezuelano, foi apenas uma derrota, um empate e dois triunfos. Resultado esse que, caso se repita, é suficiente para o Tricolor dos Pampas garantir vaga no mata-mata da competição onde é o atual campeão.

No ano passado durante a campanha do Tri, a estreia dos comandados de Renato Portaluppi foi justamente na Venezuela vencendo por 2 a 0 a equipe do Zamora, então campeã nacional. Aos 46 minutos do primeiro tempo Léo Moura abriu a conta e Luan, de pênalti aos sete da etapa complementar, fechou a conta em Barinas.

Dessa vez, o palco onde atuará a equipe gremista será na cidade de Maturín, exatamente na parte nordeste do país distante quase 1000 quilômetros de Barinas, que fica na região noroeste.

Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

19/10/2018





18/10/2018