Grêmio cumpre "profecia" de Renato e inaugura nova fase com classificação

Em fevereiro, treinador garantiu que time passaria de fase no Gauchão mesmo na lanterna da competição


Fonte: Globoesporte.com

O que posso falar é que, quem está na frente, que aproveite, porque tem sete vagas apenas. Uma é do Grêmio. Eu estou bancando". A afirmação do técnico Renato Gaúcho é de 3 de fevereiro, logo após a derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro-RS, na Arena, na estreia do time principal no Gauchão. Naquele momento, o Tricolor somava apenas um ponto e acabaria a quinta rodada na lanterna do campeonato. Pouco mais de um mês depois, a profecia do treinador se concretiza, com direito a vitória no Gre-Nal, e inaugura uma nova fase do clube no ano.



As agruras pelas quais o Grêmio passou na primeira fase do Gauchão remontam ao sucesso em 2017. Com a disputa do Mundial de Clubes, o plantel profissional tricolor só pode se apresentar para 2018 dois dias após o início do estadual. As primeiras rodadas ficaram a cargo do time de transição, repleto de jovens inexperientes.

Nos primeiros quatro jogos, foram três derrotas e um empate que custaram o cargo do técnico César Bueno. Enquanto isso, o Tricolor penava na zona de rebaixamento do Campeonato Gaúcho. A equipe principal, então, estreou na temporada contra o Cruzeiro-RS. Sem ritmo de jogo, foi derrotada por 1 a 0. Certo de sua condição, Renato contrariou o momento conturbado e garantiu que o clube estaria classificado ao final da primeira fase.

Aos poucos, a maré começou a virar. Nas cinco rodadas seguintes, o Grêmio venceu Brasil, Novo Hamburgo, Juventude e São Paulo. Mas o tropeço para o Veranópolis (derrota por 2 a 1) fez o time chegar à última rodada na oitava posição, com possibilidade de ficar fora das quartas de final em caso de derrota ou empate no clássico, a depender de resultados paralelos.

Na tarde de domingo, os comandados de Renato tomaram conta do clássico 413, em pleno Beira-Rio, e saíram para o intervalo com 2 a 0 no placar. E poderia ter sido mais. No segundo, contudo, o Inter foi para cima e poderia ter empatado. Marcou apenas um gol. A vitória na casa rival deu o tom que faltava aos gremistas. E existe o pensamento de que a equipe pode mais.

– Entendo que o Grêmio está construindo a equipe para 2018. O futebol existe, está lá, é visível. Ainda estamos buscando o melhor time. Em poucas oportunidades tivemos os atletas em 100% de condições para escalar. É um caminho um pouco longo – pisou no freio o diretor de futebol Alberto Guerra após o jogo.

A meta foi cumprida, e o Grêmio ainda ganhou duas posições na tabela ao fim da rodada. Acabou em sexto, mas derrubou o Inter da liderança para o terceiro lugar. Por ironia do destino, ambos se reencontrarão em dois clássicos nas quartas de final, com o segundo jogo no Beira-Rio. Como se tivessem combinado, os jogadores deixaram o Beira-Rio com a ideia de que o mata-mata passa a ser "outro campeonato".

– Por ser clássico, sabemos da rivalidade. Fico feliz de ajudar a equipe a vencer. Viemos para classificar e foi o que aconteceu. Agora é um novo campeonato. Vamos nos preparar para fazer dois grandes jogos – afirmou Luan, dono da partida, com dois gols.

Depois da vitória no Gre-Nal, os gremistas ganham folga nesta segunda-feira e retornam às atividades na terça. A semana será livre para treinos até o primeiro jogo das quartas de final, novamente contra o Colorado. O duelo será no próximo domingo, na Arena, com horário ainda indefinido.

Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

22/6/2018










21/6/2018