Grêmio busca segunda colocação para engordar receita para 2016

Vice-campeonato brasileiro rende R$ 6 milhões, dois milhões a mais do que a atual terceira colocação tricolor


Fonte: Diário Gaúcho

Grêmio busca segunda colocação para engordar receita para 2016
Luan é uma das armas do Grêmio para buscar a vice-liderança no Brasileirão
Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS


Libertadores e mais dinheiro no bolso é o projeto de final de ano do Grêmio. Na terceira posição do Brasileirão, a equipe agora mira o Atlético-MG para engordar a receita de dezembro com mais R$ 2 milhões.

Dona dos direitos de transmissão do Brasileirão, a Rede Globo pagará R$ 8 milhões ao campeão, R$ 6 milhões ao vice e R$ 4 milhões ao terceiro colocado. Dificilmente a premiação máxima escapará do Corinthians. Com quatro pontos atrás do vice-líder Atlético-MG, o Grêmio aposta nas oito rodadas restantes para reverter a desvantagem. Seu trunfo é o confronto direto, em 29 de novembro, na Arena, em jogo válido pela penúltima rodada.

Com R$ 6 milhões, será possível pagar com sobras a folha de jogadores e comissão técnica, que hoje é de R$ 5,2 milhões, conforme o presidente Romildo Bolzan Júnior.

– Os valores da folha variaram muito neste ano. Ela já foi de quase R$ 9 milhões – informou o dirigente.

Este era o valor do início da temporada, quando Bolzan determinou uma rigorosa contenção de gastos, que foi alcançada a partir da saída de jogadores como Barcos, Marcelo Moreno, Kleber, Zé Roberto e Rhodolfo. Outro alívio foi a saída do técnico Felipão.

Por enquanto, a meta é assegurar a terceira colocação, muito mais viável depois da vitória contra o Santos, de quem o Grêmio distanciou-se nove pontos. A projeção atual indica que o objetivo será atingido com 61 pontos. Como já tem 55, o Grêmio só precisaria de duas vitórias em oito jogos.

Para 2016, o gasto com a folha será de R$ 6 milhões. Mesmo assim, existe a promessa de uma equipe capaz de fazer bom papel na Libertadores, caso a vaga seja mesmo obtida.

– Vou fazer um time forte – avisou Bolzan.

Ele garante que o mercado já é observado. Só que, como qualquer clube, o Grêmio não adianta quais nomes são sondados para evitar que os preços sejam inflacionados e o atual elenco se desmobilize.

O projeto financeiro da direção também contempla a compra da gestão da Arena. Após assembleia na quarta-feira, os credores da OAS adiaram a data da votação do plano de recuperação da construtora para 3 de novembro. Na visão de Bolzan, a prorrogação do prazo é benéfica para o Grêmio.

– A demora, por incrível que pareça, é positiva para que o assunto não tenha retrocesso. Pior seria se não estivesse demorado e dissessem não para a recuperação – avaliou o presidente.

PRÓXIMOS JOGOS
O que falta para o Grêmio no Brasileirão:

18/10 - Chapecoense (c)
25/10 - Vasco (f)
1°/11 - Flamengo (c)
8/11 - Sport (f)
19/11 - Fluminense (c)
22/11 - Inter (f)
29/11 - Atlético-MG (c)
6/12 - Joinville (f)

(c) – Em casa
(f) – Fora de casa


VEJA TAMBÉM
- ATENÇÃO! Reforço está em análise no Grêmio
- VÃO PRO JOGO! Jornalista revela novidades de Renato Gaúcho para o Grenal
- O Grêmio dos 45 minutos finais contra o Santa Cruz me empolga





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

21/2/2024











20/2/2024