Após Arena, Koff se aproximará do futebol diz ter € 30 mi na "prateleira"

Dirigente comemora melhor saúde financeira e promete ir ao mercado por reforços


Fonte: Globo Esporte

Fábio Koff, presidente do Grêmio (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

O fim da novela de 16 meses envolvendo entre Grêmio e OAS para renegociação do contrato da Arena, assinado nesta segunda-feira, refletirá diretamente para dentro de campo. Além de o novo acordo baixar consideravelmente as despesas do clube, o presidente Fábio Koff terá período extra para se dedicar e se reaproximar do futebol.

Mas não para por aí. Durante a cerimônia de assinatura, Koff adotou um discurso de confiança e, sem entrar em detalhes, revelou ter 30 milhões de euros na "prateleira" para futuros investimentos.

- Vou me dedicar mais ao futebol sim. Hoje, estamos a quatro pontos do líder. Não vou adiantar notícia, mas temos na prateleira mais 30 milhões de euros que poderemos aproveitar. Isso foi gerado pelo futebol, com resultados em campo - revela.

Como esse valor partirá do futebol, são grandes as possibilidades do clube vender ao menos parte dos valores econômicos de atletas. Atualmente, o jogador mais valorizado pelo clube é o meia-atacante Luan, que participou da conquista do Torneio de Toulon com a seleção sub-21.

A mina de ouro do clube, aliás, tem saído das categorias de base. Nesta temporada, o Tricolor manteve a saúde financeira graças as saídas de Alex Telles e Wendell, além das vendas de parte dos direitos de Ramiro e Bressan.

- Transformamos R$ 500 mil em 12 milhões de euros. Mudamos totalmente a filosofia da categoria de base, que é exemplo para todo Brasil. Não tem mais nenhum atleta da categoria em que tenhamos menos do que 30 ou 40% - comenta o dirigente.

Com a renegociação com a OAS, o Grêmio altera o valor a ser pago anualmente à construtora pela presença dos sócios no estádio. Reduz de R$ 42 milhões para R$ 15 milhões em 2014 e, posteriormente, para R$ 18 milhões por ano. Além disso, fica isento das dívidas do ano passado e ainda passa a ter um percentual de 2% na venda dos imóveis do Humaitá e do Olímpico.

No mercado

A partir desta maior estabilidade financeira, o Grêmio volta a ter a capacidade de investir e se "arriscar" no mercado, de acordo com o dirigente.

- Hoje, temos condições de reforçar a equipe, o que não tínhamos no início do ano. Entendemos que o Grêmio fará contratações pontuais. O Grêmio encerrou o débito da sessão onerosa de 2013, de R$ 15 milhões. Não quer dizer que temos R$ 15 milhões, mas ganhamos uma perspectiva de contratar. Devolve ao Grêmio a capacidade de endividamento - analisa.

O primeiro reforço já chegou ao clube gaúcho. Trata-se do lateral-direito Matías Rodríguez, contratado por empréstimo junto a Sampdoria até o final da temporada. Como prioridade, o Grêmio ainda busca um atacante e um meio-campista.

Matías Rodríguez é apresentado como novo reforço do Grêmio (Foto: Eduardo Deconto)


VEJA TAMBÉM
- últimas do Grêmio: Dia de reapresentação, Cristaldo não treina no Huracán e mais
- Grêmio acumula 7 saídas para 2023; veja a lista de jogadores
- Grêmio acerta o empréstimo de lateral esquerdo ao Avaí até o final de 2023





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

8/12/2022


















Grêmio volta com caras novas e expectativa por mais reforços - 12:32 (0)

Grêmio volta aos trabalhos nesta quinta-feira com caras novas e expectativa por mais reforços



7/12/2022



















Contratação à caminho??? - 12:52 (0)

Grêmio encaminha acerto com ex-Flamengo