CbF Atende Pedido De 15 Clubes Para Paralisar Brasileirão Após Tragédia no RS


Fonte: -

CbF Atende Pedido De 15 Clubes Para Paralisar Brasileirão Após Tragédia no RS

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta quarta-feira (15) a paralisação do Campeonato Brasileiro por duas rodadas por conta da tragédia causada pelas enchentes no Rio Grande do Sul. A entidade acatou o pedido de 15 clubes dos 20 que disputam a Série A e adiou as rodadas 7 e 8. Vale destacar que as partidas dos gaúchos Grêmio, Internacional e Juventude já estavam suspensas até o dia 27 de maio. Dessa forma, caso não haja mudança, o Brasileirão volta no dia 1º de junho, na 9ª rodada.

Na última segunda-feira (13), os 11 clubes da Liga Forte União divulgaram uma nota oficial conjunta pedindo a paralisação do futebol brasileiro. Além deles, Atlético-MG, Bahia, Grêmio e Vitória também foram a favor, enquanto Flamengo, Palmeiras e São Paulo se manifestaram contra a pausa da competição. Ainda de acordo com o documento, os jogos da Copa do Brasil serão mantidos, uma vez que a CBF entende que não há maioria de times pedindo paralisação desse torneio.

As demais competições (Séries B, C e D do Brasileiro, A1, A2 e A3 do feminino, Brasileiro masculino e feminino sub-20 continuarão sendo realizadas normalmente, com exceção das partidas que envolvem times gaúchos).

Nos últimos dias, o Brasil se viu radicalmente afetado por uma tragédia ambiental sem precedentes na história, que impactou diretamente milhões de pessoas no Estado do Rio Grande do Sul e, por conseguinte, o futebol praticado no Brasil. Nesse sentido, não se pode olvidar que o esporte e a sociedade caminham concomitantemente, não podendo se separar ainda mais em um momento tão difícil para a população brasileira.

Desse modo, após consultar os 20 clubes participantes da Série A do Campeonato Brasileiro e receber o pedido de 15 equipes pela suspensão da competição até o dia 27 de maio, a CBF reitera o compromisso público assumido de transparência e diálogo pela atual gestão e suspende as rodadas 7 e 8 do certame. Os clubes que pediram a suspensão da competição são: (1) Atlético Clube Goianiense; (2) Atlético Mineiro SAF; (3) Club Athletico Paranaense; (4) Criciúma Esporte Clube; (5) Cruzeiro Esporte Clube SAF; (6) Cuiabá Esporte Clube SAF; (7) Esporte Clube Bahia SAF; (8) Esporte Clube Juventude; (9) Esporte Clube Vitória; (10) Fluminense Football Club; (11) Fortaleza Esporte Clube; (12) Grêmio Football Porto Alegrense; (13) SAF Botafogo; (14) Sport Club Internacional; (15) Vasco da Gama SAF.

Tal decisão foi baseada também no pedido feito pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), que encaminhou e endossou o pleito dos seus clubes filiados. A CBF informa também que a reunião do Conselho Técnico Extraordinária da Série A está mantida para o dia 27 de maio. Na conferência, os clubes vão deliberar sobre aspectos técnicos das competições bem como a situação de registro e transferência de atletas, questões jurídicas com relação aos acessos às competições internacionais como Libertadores, Sul-Americana e Mundial de Clubes e questões de direitos de transmissão e patrocínios. Os presidentes das 10 federações com clubes envolvidos na competição também estão convidados a participar.



VEJA TAMBÉM
- Grêmio negocia com Rodrigo Caio e Renato comenta paralisação após chuvas no Sul
- O futebol não tem coração
- Detalhes da Camisa III do Grêmio para a Temporada 2024






Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

24/5/2024

23/5/2024