Clássico entre Inter e Grêmio: times em momentos opostos no Brasileirão Feminino

Gre-Nal feminino: Inter busca reação, enquanto Grêmio mira consolidar posição no Brasileirão da categoria.


Fonte: -

Clássico entre Inter e Grêmio: times em momentos opostos no Brasileirão Feminino

O primeiro Gre-Nal feminino de 2024 acontece nesta segunda-feira, às 20h, no Sesc Campestre, em Porto Alegre, pela quinta rodada do Brasileirão da categoria. Inter e Grêmio chegam em momentos opostos na competição. As Coloradas lutam para deixar o Z-4, enquanto as Tricolores buscam se firmar no G-8. As Gurias Coloradas passam por uma situação delicada na tabela. Em quatro rodadas, nenhuma vitória. São dois empates e duas derrotas, apenas dois pontos somados, na 14ª posição, na zona de rebaixamento. O clássico pode funcionar como uma virada de chave. O time vem de duas derrotas seguidas. A primeira delas, contra o Cruzeiro, decretou a demissão do técnico Breno Basso. Jorge Barcellos foi anunciado poucos dias depois. O treinador de 53 anos teve boa passagem pelo Botafogo, com perfil experiente, e chega para estrear logo no Gre-Nal. Em razão da data Fifa, o novo comandante teve alguns dias para conhecer as atletas e treinar o time para o primeiro compromisso. Uma vitória no Gre-Nal pode passar pelas goleadoras do time. Belén Aquino e Priscila foram destaques na última temporada, mas ainda não engrenaram em 2024. A centroavante foi a única da dupla a anotar um gol no torneio, na derrota por 3 a 1 para a Raposa. A provável escalação do Inter tem: May; Tamara Bolt, Bruna Benites, Isa Haas e Katrine; Capelinha, Pati Llanos e Leticia Monteiro; Soll, Belén Aquino e Priscila. Já as Gurias Gremistas querem se firmar na zona de classificação para a próxima fase. O Tricolor vem de uma derrota em casa para o Palmeiras, mas arrancou bem na competição. São duas vitórias e duas derrotas. Ocupa a 8ª colocação na tabela, com seis pontos. A treinadora Thaissan Passos é estreante em Gre-Nal. Para a partida contra as rivais, tem uma lista de problemas. A atacante Cássia está suspensa. As meias Rita Bove e Rafa Levis estão machucadas. A zagueira Mónica Ramos se recupera de um problema no músculo posterior da coxa, mas pode aparecer entre as relacionadas. Por fim, a goleira Vivi pode ficar fora por razão física. A meta, porém, não é um problema, já que Lorena está de volta. A goleira retornou aos gramados após quase um ano fora, em virtude de uma lesão no joelho esquerdo. A gremista esteve com a Seleção na disputa da She Believes Cup e foi decisiva na conquista do terceiro lugar do torneio ao defender quatro penalidades contra o Japão. A provável escalação do Grêmio tem: Lorena; Dani Barão, Tayla, Brito (Mónica Ramos) e Raissa Bahia; Jessica Peña, Dayana Rodríguez e Raquel Fernandes; Giovaninha, Caty e Ludmila No retrospecto geral, o Inter tem a vantagem. Desde a reativação dos departamentos de futebol feminino, em 2017, foram 20 jogos disputados, com 10 vitórias do Inter, quatro do Grêmio e seis empates. No Brasileirão Feminino, são quatro clássicos, com três vitórias do Inter e uma do Grêmio.

Jorge Barcellos, técnico das Gurias Coloradas — Foto: Juliana Zanatta/Internacional
Jorge Barcellos, técnico das Gurias Coloradas — Foto: Juliana Zanatta/Internacional
Lorena defende sua terceira cobrança na disputa de pênaltis entre Brasil e Japão — Foto: GRAHAM STOKES / AFP
Lorena defende sua terceira cobrança na disputa de pênaltis entre Brasil e Japão — Foto: GRAHAM STOKES / AFP


VEJA TAMBÉM
- O futebol não tem coração
- Detalhes da Camisa III do Grêmio para a Temporada 2024
- Ex-grêmio acerta transferência para rival da série A em negociação surpresa






Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

21/5/2024





20/5/2024