Ministério Público dá lição à CBF


Fonte: Uol

Ministério Público dá lição à CBF
Leio no UOL Esporte que, por recomendação do Ministério Público do Rio de Janeiro, por meio de seu promotor Marcos Kac, a CBF teve de voltar atrás e determinou que o clássico entre Fluminense e Vasco, dia 19 de julho, no Maracanã, aconteça com a presença das duas torcidas.

O jogo, com mando do Tricolor, seria realizado só com a torcida do mandante porque a CBF atendera aos caprichos de Eurico Miranda que não quer ver a torcida cruz-maltina à esquerda da tribuna de imprensa no novo Maracanã, não mais à direita, como era no velho.

“Nas considerações, o MP classifica a decisão anterior como injustificada, ressalta que a medida não resolverá as questões de segurança nos estádios, enfatiza que ela atrapalharia a beleza do espetáculo e diz que qualquer decisão contrária ao do órgão ‘atenta contra a própria razão de existir do futebol'”.

“O Ministério Público ainda destacou no documento que, caso a opção inicial prevalecesse, seria a primeira vez na história do Maracanã que um clássico seria realizado com a presença de apenas uma torcida”.

Não bastasse o Ministério Público Federal, em parceria com a o FBI, estar investigando a CBF, seu presidente e o Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014, agora a Casa Bandida do Futebol tomou uma lição do MP-RJ.

VEJA TAMBÉM
- A dor de Renato Portaluppi e a história de lutas do Grêmio
- Grêmio avalia impacto econômico de tragédia no RS e busca reforços.
- Grêmio negocia com Rodrigo Caio e está próximo de acordo






Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

27/5/2024





























26/5/2024