Grêmio prepara demissões e reformulações para 2022 em diversas áreas do clube

Grêmio prepara mudanças no organograma ao mesmo tempo que planeja reformulação no elenco para a temporada de 2022


Fonte: Torcedores.com

A luta do Grêmio para não ser rebaixado no Campeonato Brasileiro não impede uma longa e profunda discussão interna. Os dirigentes já estão cientes que, independente do rebaixamento ou não do clube, mudanças serão necessárias para a temporada de 2022. Como resultado, alguns setores já estão no alvo e possíveis demissões já são consideradas nos bastidores do tricolor. Os principais alvos nesse momento são os executivos, responsáveis pelo planejamento.

Quem deixou claro que as alterações serão realizadas foi o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior. De acordo com o mandatário, independe dos cenários, o que parece garantido é o clube fora das competições continentais. Como resultado, a queda de receita é inevitável, exigindo readequações.



“Teremos um duro trabalho para fazer reavaliações e tudo mais que tem que ser feito. O Grêmio não vai pela primeira vez disputar campeonatos sul-americanos. Desde 2016 estamos todos os anos. E vai ter que sofrer uma readequação. Um desafio fazer aquilo que se coloca como necessário, o equilíbrio do club”, disse em coletiva recente.

Desligamentos
Oficialmente, ninguém confirma que haverá demissões. Entretanto, a continuidade do atual executivo de futebol Diego Cerri, está diretamente ligada a reta final do Brasileirão. Contratado no meio do ano, o profissional com passagem recente pelo Bahia sofre ataques pelo momento do clube. Nos bastidores, sua continuidade não é assegurada por ninguém.

Quem também deixará o Grêmio é o atual vice de futebol, Dênis Abrahão. Contudo, seu desligamento é de conhecimento público desde que assumiu o cargo. Segundo ele, sua missão é ajudar a sair da zona do rebaixamento. Após o Brasileirão, o departamento de futebol atual passará por novas mudanças nos cargos políticos.

Grupo de jogadores
O Grêmio está aos poucos dando os primeiros passos para a reformulação do elenco para 2022. As definições sobre quem deixará o grupo e quem permanecerá já estão sendo discutidas. E neste cenário, dois jogadores estão fora dos planos: Luiz Fernando e Léo Pereira.



Além deles, estão com contratos encerrando Diego Souza (atacante), Rafinha (lateral-direito), Victor Ferraz (lateral-direito), Bruno Cortez (lateral-esquerdo), Machado (volante) e Da Silva (atacante). Todos os nomes estão em avaliação.

LEIA TAMBÉM: Veja os detalhes da provável saída Jean Pyerre do Grêmio para o Alavés

E MAIS: Diego Souza cogita adiar aposentadoria em caso de rebaixamento do Grêmio




Comentários



Edemar Rodrigues     

deixa os caras irem embora salario muito alto , pra pouco futebl.

A primeira mudança começa pelo Romildo

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

3/12/2021



















2/12/2021