Grêmio pagará apenas um mês de indenização para Felipão

Técnico ainda tinha 14 meses de trabalho, conforme contrato assinado até 2022


Fonte: Globoesporte.com

Foto: Eduardo Moura
Após acertar a saída em "comum acordo", o Grêmio pagará apenas um mês de indenização ao ex-técnico Felipão. O valor é mantido em sigilo, mas nenhuma outra cifra será cobrada.



Anunciado em julho para o lugar de Tiago Nunes, Luiz Felipe Scolari tinha contrato até o final de 2022, com mais 14 meses de trabalho pela frente, que foram interrompidos.


A saída de Felipão começou a ser discutida na noite do último domingo após a derrota para o Santos, na Vila Belmiro, e só foi oficializada nos primeiros minutos de segunda-feira. A reunião que selou o fim do trabalho foi considerada "amigável", mas a decisão de interromper o trabalho partiu da direção.



Sem Felipão, o Grêmio segue a vida em busca do novo técnico que possa tirar o time da zona de rebaixamento e com uma decisão pela frente já nesta quarta-feira contra o Fortaleza. Até o momento, o auxiliar permanente Thiago Gomes assume como técnico interino.

#gremio #imortal #tricolor #felipao #treinador

LEIA TAMBÉM: Mancini foi escolhido por jogadores e com direito a ligação de lateral

E MAIS: Grêmio e Cortez se aproximam de final de ciclo




Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

21/10/2021


























20/10/2021