Grêmio tem bloqueio de criatividade, fica no zero e se classifica com jogo protocolar

Tiago Nunes diz que Thiago Santos e Lucas Silva se complementam, mas Tricolor não mostra isso na prática em empate com o Brasiliense, suficiente para estar nas oitavas de final da Copa do Brasil


Fonte: Globoesporte.com

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Evidente que o Grêmio cumpriu seu objetivo na tarde da última quinta-feira ao empatar em 0 a 0 e eliminar o Brasiliense. Mas o Tricolor vai às oitavas de final da Copa do Brasil após um jogo protocolar em que teve a criatividade da equipe travada na dupla de volantes com Thiago Santos e Lucas Silva.



O Grêmio empatou sem gols com o Brasiliense no Serejão e avançou na competição a partir da vitória por 2 a 0 no jogo de ida na Arena. O gramado foi alvo de críticas do técnico Tiago Nunes, mas não foi a única razão para a atuação vacilante.


A classificação veio sem sustos, mas o desempenho ficou aquém. O Brasiliense pouco trouxe perigo para Paulo Victor, que teve exigência baixa até aqui nos dois jogos em que atuou — e não sofreu gol.


O problema central do Grêmio ficou localizado no meio-campo. Ainda que o técnico Tiago Nunes acredite que Thiago Santos e Lucas Silva tenham características complementares, nesta exibição de quinta-feira não foi possível ver ainda tal química.


"São jogadores que se complementam muitas vezes. Que podem jogar juntos e sem fantasmas", Tiago Nunes em entrevista coletiva.


"Tem que dar tranquilidade para que possam trabalhar bem, principalmente para que se possa colher os frutos com resultados e performance. São vários aspectos do dia a dia que fazem deles jogadores importantes para o contexto coletivo", explicou Nunes em entrevista coletiva.


A maior posse da bola foi mais estatística que diferencial. Tanto é que isso afetou a performance de Jean Pyerre, que várias vezes descia até a linha de defesa para buscar a bola ou quando tentava tabelar, não tinha sucesso. O meia acaba sobrecarregado, como na temporada passada, na hora de criar.


A ligeira melhora na equipe veio apenas com as mudanças, especialmente após Maicon entrar em campo. Junto a Ferreira e Diego Souza, colocados no intervalo, deu mais poder ofensivo. O Tricolor finalizou sete vezes na etapa final e apenas duas nos primeiros 45 minutos.


Os números do jogo:



Projetando alternativas para o setor, é preciso salientar que Matheus Henrique está à disposição da seleção brasileira olímpica, Maicon deve ser mais utilizado no segundo tempo e Darlan sequer treinou com o grupo, já em recuperação da Covid-19.


Sobrariam alternativas como Fernando Henrique e Victor Bobsin, este usado no fim do jogo. A dupla de jovens foi titular na conquista da Recopa Gaúcha, no fim de semana. E ao que tudo indica, será preterida a curto prazo por atletas mais experientes.


"Eu como responsável do processo tenho que ter tranquilidade para dar sequência a jogadores com mais bagagem, que são campeões nacionais, internacionais, que sabem jogar jogos em diferentes cenários, que vão oscilar menos", explicou o treinador.


"São jogadores jovens que serão utilizados na temporada, mas não se pode colocar a responsabilidade de serem titulares nesse momento. Eles têm que conquistar a vaga no dia a dia, superar seus concorrentes. Por mais que às vezes se opte por jogadores que tem projeção, todos terão oportunidade", complementou.


De fato, o jogo contra o Brasiliense não dava a obrigação do Grêmio marcar um gol para se classificar. Bastou o empate. Mas ficam dúvidas sobre a performance tricolor diante dos duelos das próximas semanas, todos válidos pela Série A do Brasileirão. E sobre a ideia dos dois jogadores juntos.


Uma competição que o clube almeja ser campeão. Para tal, será obrigado a somar três pontos o máximo possível. O desempenho terá que melhorar.



Buscando a melhora é que o Grêmio se reapresenta nesta sexta-feira, às 15h30, no CT Luiz Carvalho. Afinal, já tem jogo no domingo, às 16h, na Arena, contra o Athletico-PR, pela 3ª rodada do Brasileirão.

#gremio #imortal #tricolor #analise #brasiliense #copadobrasil

LEIA TAMBÉM: Veja as explicações da queda de rendimento após nova derrota do Grêmio no Brasileirão

Com duas derrotas, Grêmio tem pior início no Brasileirão de pontos corridos




Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

14/6/2021


















13/6/2021