À espera de Douglas Costa, Grêmio tem testes no elenco por vaga no setor ofensivo

Quatro garotos têm aproveitado oportunidades de Tiago Nunes


Fonte: Gaúcha ZH

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
A contratação de Douglas Costa gerou na torcida do Grêmio uma grande expectativa em torno do trio de ataque que poderá ser formado com Diego Souza e Ferreira. Enquanto o camisa 10 ainda realiza sua preparação para reestrear pelo clube, no entanto, o Tricolor tem passado por uma espécie de vestibular de jovens atacantes do lado de campo.



Léo Pereira, Léo Chú, Guilherme Azevedo e Jhonata Robert têm se revezado e receberam mais oportunidades nos últimos jogos pela ausência de Ferreira, que junto com Diego Souza voltou aos treinos após a contaminação por covid-19 apenas no final de semana.


O torcedor gremista, que se acostumou com a sequência de surgimentos de garotos, como Pedro Rocha, Everton, Pepê e Ferreira, já vê um novo quarteto de atletas disposto a mostrar que a base do Grêmio não para de formar atacantes de lado de campo com capacidade de incomodar laterais adversários e desarrumar defesas rivais.


Os garotos agora disputam quem será o terceiro atacante de Tiago Nunes nos próximos compromissos de Brasileirão e Copa do Brasil antes da estreia de Douglas Costa.


Léo Chú (21 anos)

16 jogos (5 como titular)
571 minutos = 6,3 jogos
3 gols
3 assistências
Média de 1 gol a cada 215 minutos


Cria do CT do Cristal, Léo Chú ganhou experiência na última temporada ao defender o Ceará por empréstimo tendo bom desempenho no Campeonato Brasileiro. Por conta disso, ele foi integrado ao elenco gremista nesta temporada. Na base tricolor desde os 10 anos, Léo Chú fez seu primeiro jogo como profissional do Grêmio na vitória de 2 a 0 sobre o Esportivo, pelo Gauchão, em 13 de março.


No total, o atacante tem 16 partidas (cinco como titular) com a camisa gremista neste ano, com três gols anotados. O mais importante deles foi o que deu a vitória no Gre-Nal válido pela fase de classificação do Campeonato Gaúcho, na Arena. Após ter atuado na estreia de Tiago Nunes diante do Ypiranga, em 24 de abril, Léo Chú testou positivo para covid-19.


A volta ao time aconteceu quase um mês depois, na goleada de 6 a 2 sobre o Aragua, pela Sul-Americana, quando marcou um gol e deu duas assistências. A expectativa de bom desempenho fez o Grêmio recusar uma proposta de empréstimo feita pelo Santos ainda durante o Gauchão.


Léo Chú atua preferencialmente pelo lado esquerdo e tem o drible em velocidade e a assistência como características. É um atacante como uma boa capacidade de ajudar na construção das jogadas, mas que ainda precisa aprimorar as finalizações.


Guilherme Azevedo (20 anos)

14 jogos (8 como titular)
700 minutos = 7,7 jogos
4 gols
1 assistência
Média de 1 gol a cada 175 minutos

Natural de Apucarana, no Paraná, Guilherme Azevedo também está no Grêmio desde seus 10 anos. Canhoto, ele atua preferencialmente pelo lado direito do campo e se destaca pela capacidade de dribles curtos e finalização forte, características que desde a base fazem com que internamente seja comparado a Douglas Costa. Gui Azevedo, aliás, foi elogiado pelo novo camisa 10 gremista em sua apresentação no Tricolor, no mês passado.


O garoto, com 20 anos recém completados, teve a primeira oportunidade como profissional do Grêmio em 2019, quando entrou em duas partidas do Brasileirão (contra Fluminense e Goiás). Era esperado que pudesse ter mais oportunidades na temporada passada, mas acabou alternando entre o elenco principal e o time de transição. Guilherme Azevedo participou de três partidas na volta da Libertadores de 2020 após a parada da pandemia, sempre entrando nos minutos finais. Em novembro do ano passado, o garoto teve o contrato renovado até 2024 com uma multa rescisória de 80 milhões de euros (R$ 490 milhões).


Na atual temporada, Azevedo participou de 14 jogos (oito como titular) e já marcou quatro gols, um deles diante do Ayacucho-PER, pela Libertadores. Ele teve sua tentativa de briga por titularidade atrapalhada por uma lesão muscular sofrida no empate com o São José, na terceira rodada do Gauchão, que o deixou seis semanas afastado dos gramados.


Léo Pereira (20 anos)

17 jogos (9 como titular)
762 minutos = 8,4 jogos
4 gols
2 assistências
Média de 1 gol a cada 190 minutos

Diferente de Léo Chú e Guilherme Azevedo, que iniciaram na base do Grêmio quando tinham apenas 10 anos, Léo Pereira chegou ao clube com sua formação como atleta quase concluída. Destaque do Corinthians no Brasileirão Sub-20 e na Copa RS Sub-20 em 2019, Léo não permaneceu na equipe paulista por dificuldades financeiras do Timão, que não conseguiu exercer sua opção de compra ao término do contrato de empréstimo do Ituano. Foi então que o Tricolor aproveitou para contratar o atleta, inicialmente por empréstimo.


Em termos de características, Léo Pereira é, dos quatro, quem menos se destaca pela parte técnica. O atacante, porém, tem o ponto forte do seu jogo o vigor físico e o bom entendimento tático. Ele pode levar vantagem sobre os concorrentes em partidas que Tiago Nunes entender a necessidade maior de marcação pelos lados do campo. Versátil, Léo Pereira, mesmo sendo destro, aturou como lateral-esquerdo nos tempos de Ituano, onde teve boa participação na Copa São Paulo de 2018.


Suas primeiras oportunidades no profissional do Grêmio vieram no Gauchão deste ano. Ele já participou de 17 jogos nesta temporada e foi titular na decisão do Estadual contra o Inter, na Arena. No Beira-Rio, ele entrou após a lesão de Luiz Fernando e deu assistência para o gol de Ricardinho, que garantiu a vitória e a vantagem gremista na final.


Jhonata Robert (21 anos)

3 jogos (1 como titular)
154 minutos = 1,7 jogo
1 gol
Média de 1 gol a cada 154 minutos

Natural de Recife, Jhonata Robert chegou ao Grêmio pelo processo de captação de novos valores do clube. Ele desembarcou em Porto Alegre no final de 2017 após ter sido observado atuando pelo Barra Futebol Clube, de Balneário Camboriú-SC. Em 2019, o garoto foi um dos destaques da campanha gremista na conquista da Copa Ipiranga, mas acabou não sendo aproveitado no elenco principal.


Jhonata Robert então foi emprestado para o Cruzeiro e, posteriormente, para o Famalicão, onde disputou 20 partidas no último Campeonato Português. O jogador tinha contrato com o clube europeu até junho de 2022, mas o Grêmio solicitou seu retorno no mês passado.


A primeira oportunidade veio diante do Ceará, na estreia do Brasileirão, quando entrou no intervalo. Logo no jogo seguinte foi titular na vitória de 2 a 0 sobre o Brasiliense, pela Copa do Brasil. No último domingo, ele entrou na etapa final e marcou o gol que decretou a goleada de 3 a 0 sobre o Santa Cruz, pela Recopa Gaúcha.



Jhonata Robert é um meia que atua pelo lado do campo e não extrema de origem. Por isso possui maior facilidade para a combinação das jogadas com meias e volantes, trazendo a bola para dentro. Jhonata Robert também pode ser usado como um meia central, função que Jean Pyerre e Pinares faziam no esquema 4-2-3-1 de Renato Portaluppi.

#gremio #imortal #tricolor #elenco #ataque #setorofensivo

LEIA TAMBÉM: Veja as explicações da queda de rendimento após nova derrota do Grêmio no Brasileirão

Com duas derrotas, Grêmio tem pior início no Brasileirão de pontos corridos




Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

14/6/2021


















13/6/2021