Veja a estrutura do contrato e as alternativas de negócio para Douglas Costa jogar pelo Grêmio

Representante do atleta tem reunião com diretores da Juventus nesta sexta


Fonte: Gaúcha ZH

Christof Stache / AFP
Douglas Costa está acertado com o Grêmio. O meia-atacante de 30 anos, que pertence à Juventus, já tem bases salariais, metas e tempo de contrato acertados com o Tricolor. Depois da reunião realizada na casa do atleta nesta quarta-feira (12), ficou estabelecido que um dos representantes do jogador se reuniria com a Juventus nesta sexta para acertar um modelo de negócio que seja mais adequado para que o atleta volte a atuar no Rio Grande do Sul.



A direção do Grêmio conseguiu apresentar uma proposta e projeto compatíveis com o orçamento do clube. Afinal, os gremistas já tinham projetado na atual temporada um investimento deste porte — como foi na negociação com Borré, do River Plate.


Os valores acertados com Douglas Costa são inferiores aos que o atacante da equipe argentina receberia em Porto Alegre. Na época, o Grêmio apresentou uma proposta ao colombiano que somava cerca de R$ 1 milhão de salário mensal, livre de impostos, mais luvas que seriam diluídas no seu tempo de contrato. A soma totalizaria R$ 1,7 milhão mensais. O meia-atacante da Juventus aceitou receber menos do que isso.


Além disso, assim como Borré, Douglas Costa terá metas estabelecidas no seu contrato de dois anos e meio. Uma delas estabelece que o jogador precisa realizar uma porcentagem mínima de jogos por temporada para ativar um aumento nos ganhos mensais. Estas metas também existiam no contrato que foi oferecido ao atleta do River — e também são inferiores.


O Grêmio está tranquilo em relação às questões financeiras deste negócio. O empresário Júnior Mendonça deve ser o representante do jogador e emissário dos gaúchos na negociação com a equipe italiana.


Modelo de liberação da Juventus

A ideia inicial é que Douglas rescinda o contrato com a Juventus e assine com o Grêmio em seguida. Mas não está descartada uma possibilidade de empréstimo do atleta para os gaúchos até o fim do contrato na Itália, em junho de 2022.


Mais uma vez, neste caso, Douglas Costa abriria mão de dinheiro para atuar na Capital — afinal, o atleta receberá menos da metade do seu salário atual na Europa para jogar na Arena. Neste modelo, o valor pago pelo Grêmio seria o mesmo, porque o equivalente às luvas seria pago em forma de salário.


Na possibilidade de rescisão contratual, a Juventus também apresentaria uma redução de valores a serem pagos ao jogador e a seu estafe.



O Grêmio fez a sua parte e chegou a um acordo com Douglas Costa para que ele vista a camisa tricolor o mais breve possível. O próximo passo depende do estafe do atleta a partir de sexta.

#gremio #imortal #tricolor #douglascosta #contrato

LEIA TAMBÉM: Veja as explicações da queda de rendimento após nova derrota do Grêmio no Brasileirão

Com duas derrotas, Grêmio tem pior início no Brasileirão de pontos corridos




Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

14/6/2021


















13/6/2021