Após 250 dias, Guilherme Guedes volta a ser relacionado pelo Grêmio

Jovem é opção no banco de reservas para enfrentar o Del Valle-EQU


Fonte: Gaúcha ZH

Claudio Etzberger / Divulgação
Além de um jogo válido pela Libertadores, o confronto diante do Independiente del Valle-EQU terá um gosto especial para Guilherme Guedes. O jovem de 21 anos encerrará, nesta sexta-feira (9), um período de 250 dias longe do time principal. Ele foi um dos recrutados pela comissão técnica do Grêmio para reforçar o grupo de jogadores no Paraguai. O período afastado para recuperação física contou com tratamento fisioterápico, consultas odontológicas e passagem pelo time de transição.



No período, foram duas lesões musculares para o lateral-esquerdo. A primeira, na coxa esquerda, aconteceu logo após a semifinal do segundo turno do Gauchão do ano passado. Considerada a mais grave, fez o garoto ficar três meses longe das atividades com os companheiros.


Em novembro, quando iniciou a recuperação, desceu para o time de transição para readquirir ritmo de jogo. Disputou três partidas pela equipe sub-23 — mas, pelo momento na temporada, não chegou a ser utilizado por Renato Portaluppi, que contava com Diogo Barbosa, contratado junto ao Palmeiras, e Cortez, titular desde 2017.


Com o Grêmio envolvido na final da Copa do Brasil, Guedes seria utilizado diante do Bragantino, pela última rodada do Brasileirão. Porém, sentiu lesão no posterior da coxa direita e foi cortado da relação da equipe suplente que foi colocada em campo.


Desta forma, mais 20 dias foram adicionados para recuperação do novo problema, totalizando 250 dias sem aparecer como opção para a comissão técnica do time profissional. Em paralelo com a fisioterapia do clube, o jovem consultou a odontologia do esporte para prevenir lesões e melhorar o rendimento dentro de campo.


Uma placa dentária, seguindo os conceitos científicos, foi elaborada para o atleta para tirar as interferências e equilibrar o corpo. Dentista que trabalha com alguns jogadores da dupla Gre-Nal e atendeu o lateral do Tricolor, Claudio Etzberger relatou a importância do tratamento.


"No equilíbrio e abrindo as vias aéreas, o paciente começa a respirar pelo nariz e cansa menos. Tem um alívio cervical e melhora na respiração", disse Etzberger a GZH.


"Uma mordida desequilibrada leva a uma posição incorreta da mandíbula, fazendo o corpo compensar. Se o atleta usa o corpo, fica mais sujeito a ter lesões", complementou.



Na virada de temporada, o América-MG tentou levar o jogador por empréstimo a Belo Horizonte. Com objetivo de utilização maior em 2021, após a recuperação completa, o Grêmio vetou a saída. Em 2019, ele já esteve cedido à Ponte Preta para acumular experiência. Pelo clube do coração, Guedes soma apenas seis partidas — todas na temporada passada.

#gremio #imortal #tricolor #guilhermeguedes #retorno #relacionado

LEIA TAMBÉM: Grêmio usa esteira com tecnologia da Nasa para aprimorar recuperação dos atletas lesionados

Grêmio vê Douglas Costa animado por retorno e tem emissário na Europa para monitorar liberação




Comentários



Rich Bronaut     

Guri é outro futuro craque do Grêmio.

Em condições é titular da lateral esquerda

Victor Finamor     

Com certeza é melhor que os dois juntos.

Tomara que não volte a ter lesão pois em forma e Renato deixando ele jogar Cortez e Diogo Barbosa vão pro banco

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

13/5/2021





























12/5/2021