Grêmio chega a acordo com empresários sobre direitos de Everton


Fonte: Correio do Povo

O Grêmio ainda não recebeu propostas oficiais pelo atacante Everton, mas conseguiu definir quanto deseja receber pelos 70% dos direitos econômicos que passou a ter do jogador. O objetivo é receber pela maior parte da porcentagem, aproximadamente 21 milhões de euros, além de ficar com um percentual para uma futura venda dentro da Europa.



Inicialmente, o Tricolor detinha 50% dos direitos do atleta e os empresários Gilmar Veloz, 30%, e Celso Rigo, 10%. As três partes chegaram a um acordo, com o percentual do Grêmio chegando aos 70%. Também ficou acertado que o clube não precisará repassar imediatamente após a concretização do negócio o valor devido aos empresários. O Fortaleza tem os outros 10%.



A direção aguarda propostas assim que a janela de transferências para a Europa abrir. O objetivo do Grêmio era receber um valor bem maior pelo atleta, mas a crise econômica gerada pela pandemia da Covid-19 fará os negócios terem substancial redução de recursos envolvidos. O principal interessado é o Napoli, da Itália, mas outros clubes europeus, como Borussia Dortmund, da Alemanha, e o Everton, da Inglaterra, também demonstraram interesse no atacante do Tricolor e da Seleção Brasileira.

Grêmio, Everton, Empresário

FGF mantém rodada de clássicos na retomada e Gauchão terá final em dois jogos; confira

Vai voltar! Reunião da Conmebol define volta da Libertadores; veja quando





Comentários



Irceu Cignachi     

Mais uma vez, o nosso maior presidente de todos os tempos, administrando com inteligência!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

12/7/2020





11/7/2020