Técnico do Grêmio avalia primeiras semanas de preparação

Técnico permanece em isolamento no Rio de Janeiro, orientado pelo Departamento Médico


Fonte: Site Oficial

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Cumprindo isolamento em sua casa no Rio de Janeiro, o técnico Renato Portaluppi conversou com a equipe de comunicação do Grêmio e fez uma avaliação das primeiras semanas de preparação do plantel gremista. Treinando desde o último dia 04, o Grêmio se destaca entre os clubes brasileiros por ter implementado com sucesso todas as iniciativas de prevenção à contaminação e transmissão da COVID-19.



Submetido a duas cirurgias no coração entre o início de 2019 e 2020, o técnico está em casa por orientação do Departamento Médico. E da capital fluminense, avaliou o planejamento seguido até o momento.

"Eu acredito que o Clube está fazendo a coisa certa. Nós temos que tomar todo cuidado do mundo. O Grêmio começou com os trabalhos físicos, respeitando o afastamento e seguindo todas as regras. É o certo. E esperamos que isso se resolva o mais rápido possível, para intensificarmos os treinamentos".

Os trabalhos atuais são focados principalmente no aspecto físico, com o objetivo de preparar os jogadores para o retorno das competições - e também pelas normas de distanciamento expressas em decretos dos governos do estado e do município. Uma diferençca, na avaliação do ídolo, em relação aos trabalhos de pré-temporada.

"Nós temos que tomar todos os cuidados, treinar grupos com poucos jogadores - e afastados. Não podemos dar todos os treinamentos que gostaríamos, são mais trabalhos físicos. É uma diferença grande e você fica restrito. Chega um momento que o jogador fica até um pouco cansado, com saudade de treinar com bola. Mas tem que tomar muito cuidado para dar trabalho com bola e manter o distanciamento", analisa.

Para ser reconhecido pela Comissão de Médicos da CBF como um exemplo mundial de condições preventivas adequadas, o Grêmio montou uma estrutura que vai ao encontro de todas as normas internacionais de controle sanitário. Até a reapresentação dos atletas, no início do mês, o Clube promoveu diversas reuniões internas, com participação, além do Departamento Médico, da Comissão Técnica e departamento de Logística. As condições disponibilizadas aos atletas foram elogiadas pelo técnico.

"O Grêmio está de parabéns pela estrutura que foi montada, uma estrutura que não é nada barato. Por isso que seguimos à risca o que o Departamento Médico nos passa, porque nessas horas todo o cuidado é essencial e o Grêmio, felizmente, está tendo todo o cuidado. Até para os jogadores se sentirem tranquilos para sair de casa, sabendo que vão trabalhar com todas as garantias. Nesse ponto o Grêmio está de parabéns".

Enquanto o grupo treina em Porto Alegre, comandado pelo auxiliar Alexandre Mendes e pelos preparadores físicos, Renato mantém uma rotina de cuidados em sua casa no Rio. Longe do que mais gosta de fazer, o técnico tricampeão da América confessa sua saudade, com palavras de otimismo.



"Eu tenho uma saudade muito grande de trabalhar e estar com o grupo. Estamos parados há 70, 80 dias. É difícil e é triste, mas não podemos fazer nada. Somos profissionais e seguimos à risca o que o Departamento Médico nos passa. Eu sinto falta de tudo que é normal no futebol. Espero que isso tudo passe e possamos voltar o mais rápido possível, para que eu possa, acima de tudo, matar a saudade dos treinamentos, dos jogos e da convivência com o nosso torcedor", torce, para finalizar com um recado à torcida gremista.

"Tenho certeza que vocês estão com muita saudade de ver o Grêmio na Arena, da mesma forma que nós também estamos com saudades de vocês. Vamos torcer que isso acabe o mais rápido possível e possamos nos reencontrar na Arena, porque a saudade é muito grande. Saúde a todos".

Grêmio, Técnico, Avalia, Preparação

Grêmio divulga balanço financeiro dos meses de janeiro a março de 2020

Leia também: Grêmio quer fatia de R 120 milhões milhões de parceiros para vender Cebolinha ao Napoli





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

24/5/2020







23/5/2020