Por crise, Grêmio também reduz salário de Renato Gaúcho: "Todos entraram"

Presidente Romildo Bolzan afirma que cortes propostos pela diretoria gremista foram lineares e exalta sensibilidade do elenco


Fonte: Globoesporte.com

Devido a pandemia do novo Covid-19, o Grêmio iniciou medidas para aliviar a crise e os cofres do clube, e o presidente Romildo Bolzan conduz todas as negociações do para conter despesas no futebol durante a paralisação. Quem não ficou de fora também foi o treinador Renato Gaúcho e sua comissão, que também foi envolvido na readequação salarial.



LEIA TAMBÉM: Facebook compra arquivo de jogos da Libertadores e abre conteúdo a clubes


Em entrevista à RBS TV, Bolzan realçou que "todos entraram" nos reajustes momentâneos de vencimentos durante o período de suspensão do calendário. O Imortal ainda conseguiu transferir o pagamento dos direitos de imagem aos jogadores apenas para 2021 e ganhou um fôlego para manter o fluxo de caixa.

Além do mandatário, os acordos foram costurados com as lideranças do elenco. Romildo, ainda fez questão de exaltar a sensibilidade do grupo de jogadores com as dificuldades financeiras projetadas nos próximos meses.

- Todos entraram. Foi linear. Não foi uma coisa para um ou para outro. Um ajuste aqui e ali que foi pequeno, mas de uma maneira geral foi para todos. Nosso ajuste com os jogadores implicou numa grande sensibilidade da parte deles e um ajuste que, vamos dizer assim, fica entre nós. É um ajuste que jogadores e Grêmio chegaram a um bom termo. Prefiro não dizer como isso aconteceu, mas aconteceu de maneira satisfatória para ambas as partes - afirma o presidente.

Na figura do CEO Carlos Amodeo, o Grêmio elaborou um plano de contingência com prazo até junho de 2020. A previsão passada pelo presidente era de problema de receita na ordem de R$ 25 milhões até junho. Já a Conmebol, por outro lado, confirmou nos últimos dias a antecipação de receitas para clubes presentes na Libertadores.



A reapresentação gremista está marcada para o dia 21 de abril, embora as férias possam ser estendidas por mais 10 dias. A Libertadores tem retorno previsto para o dia 5 de maio, enquanto o Campeonato Gaúcho segue parado por tempo indeterminado. A CBF ainda não se manifestou sobre suas competições no segundo semestre.


Grêmio, Renato Gaúcho, Salário, Crise, Bolzan, Conmebol, Imortal

Grêmio divulga balanço financeiro dos meses de janeiro a março de 2020

Leia também: Grêmio quer fatia de R 120 milhões milhões de parceiros para vender Cebolinha ao Napoli





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

28/5/2020



Matheus Henrique e Arthur - 10:03 (0)

Matheus Henrique já superou Arthur no Grêmio?



27/5/2020