[COPA 2014] Felipão confirma Paulinho como titular e explica opções para segundo tempo

Diferentemente do duelo contra o Chile, treinador prevê jogo menos tenso diante da Colômbia, nesta sexta-feira, em Fortaleza, pelas quartas de final


Fonte: Globo Esporte

Felipão definiu a equipe que vai enfrentar a Colômbia pelas quartas de final (Foto: Globoesporte.com)

O técnico Luiz Felipe Scolari confirmou que Paulinho será o substituto de Luiz Gustavo na partida desta sexta-feira, às 17h (de Brasília), contra a Colômbia, no Castelão, em Fortaleza.

Felipão deixou claro a escalação que vai usar na partida válidas pelas quartas de final da Copa do Mundo ao afirmar que o teste de Henrique como volante na vaga de Fred foi uma experiência para, de repente, ser usada durante o confronto diante da equipe de James Rodriguez & cia.

E foi justamente ao comentar a utilização de Henrique que o treinador deixou claro a utilização de Paulinho na vaga do titular. Por conta disso, Fernandinho atuará como primeiro volante no jogo desta sexta-feira.

- Dependendo do andamento do jogo, do resultado do jogo. É uma situação que o Henrique está acostumado comigo no Palmeiras, sabe se comportar. Mas não jogava nem com Thiago (Silva) nem com David (Luiz), é um pouco diferente. Mas é uma opção.

Com a definição da equipe, o Brasil vai entrar em campo com a seguinte formação: Julio César, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred. Felipão comentou ainda a qualidade técnica da Colômbia e afirmou que, diferentemente dos duelos contra Argentina Chile e Uruguai, o confronto desta sexta-feira não será uma guerra entre países sul-americanos.

- É uma questão de técnica, a Colômbia é um time mais técnico. O Chile agrupa melhor atrás, e tem uma força, com um espírito, tem uma dinâmica de jogo diferente. A Colômbia se fosse por equipe é melhor, bem melhor, mas joga um futebol jogado, não existe guerra com a Colômbia. As nossas guerras são contra Chile, Uruguai, Argentina. Não temos nada com a Colômbia. Amistosos ou valendo qualquer campeonato, são jogos alegres, disputados, com força, vigor, mas não tem essa rivalidade. Os argentinos, uruguaios e chilenos jogam em cima do nosso time com malandragem, com perspicácia, e a gente não tem isso que eles.

FGF mantém rodada de clássicos na retomada e Gauchão terá final em dois jogos; confira

Vai voltar! Reunião da Conmebol define volta da Libertadores; veja quando





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

12/7/2020





11/7/2020