[COPA 2014]As polêmicas da Copa: lista tem Fred, Suárez, Hulk e dois gols mexicanos

"Seleção SporTV" prepara uma lista recheada de assuntos que deram muito o que falar até aqui no Mundial, principalmente com mordida de uruguaio


Fonte: Globo Esporte

Fred foi protagonista de um pênalti muito
questionado contra a Croácia (Foto: Marcos Ribolli)



Fazendo jus a um típico torneio de futebol, a Copa do Mundo está recheada de polêmicas em campo, principalmente em relação à arbitragem, mesmo com uma participação maior da tecnologia. Como nem tudo cabe à decisão vista pela televisão, muitos lances são sujeitos à interpretação humana. Mas não para por aí, já que tem jogador capaz de promover uma das maiores polêmicas do Mundial por um ato improvável. O “Seleção SporTV” separou alguns desses episódios.

A primeira polêmica saiu logo no primeiro jogo da Copa do Mundo. O Brasil empatava com a Croácia quando, aos 23 minutos do segundo tempo, Fred caiu na área e o árbitro japonês Yuichi Nishimura sinalizou pênalti cometido por Lovren, que teria puxado o brasileiro. No fim, o camisa 9 precisou se explicar e garantiu ter sido pênalti, enquanto o técnico croata Niko Kovac não poupou o árbitro da bronca após a derrota por 3 a 1.

No segundo jogo da Copa, novamente o árbitro foi protagonista, e já assustava o andamento da competição. O colombiano Wilmar Roldan anulou dois gols legítimos do mexicano Giovani dos Santos. O primeiro deles aconteceu aos 12 minutos de jogo, e o camisa 10 não estava impedido. Depois, ainda no primeiro tempo, aos 30 minutos, novamente um impedimento mal marcado de Giovani. Ao menos, no fim, o México venceu por 1 a 0.

Na segunda rodada, a Nigéria venceu a Bósnia por 1 a 0, mas a arbitragem entrou em cena aos 21 minutos, quando Dzeko bateu na saída do goleiro e balançou a rede na Arena Pantanal. No entanto, o auxiliar viu impedimento e anulou o gol. Oito minutos depois, a seleção africana marcava o gol da vitória, que deixou a Bósnia sem chances de classificação na última rodada da fase de grupos.

Pela terceira rodada da primeira fase, o atacante uruguaio Suárez protagonizou talvez a maior polêmica da Copa do Mundo até aqui. A partida entre Uruguai e Itália estava empatada sem gols e, no segundo tempo, antes do único gol da partida, que garantiu a classificação da equipe sul-americana, o atacante do Liverpool resolveu dar uma mordida no ombro de Chiellini. O árbitro não viu e não puniu o atacante, que no fim terminou suspenso por nove partidas pelo Comitê Disciplinar da Fifa.

Por fim, a Copa do Mundo chegou à fase de oitavas de final. No Castelão, o México chegou a ficar a poucos minutos da classificação, mas a Holanda chegou à virada nos acréscimos, em novo lance questionável. Quando tudo levava a crer em prorrogação, Robben sofreu pênalti de Rafa Márquez, marcado pelo português Pedro Proença. A vitória por 2 a 1 levou a Holanda às quartas de final.

A lista fecha com a mesma seleção que abriu: a brasileira. Se na estreia a bronca era por um pênalti marcado a favor do Brasil, dessa vez o árbitro anulou um gol que muitos acreditam ter sido legítimo. Em meio à tensão do empate por 1 a 1 no tempo normal com o Chile, Hulk chegou a marcar no segundo tempo, mas o inglês Howard Webb viu o atacante dominar com a mão na área. Hulk chegou a comemorar muito, e depois afirmou ter dominado o lançamento com o ombro.

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: Renato tem renovação para 2020 próxima de ser concretizada

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

12/12/2019


11/12/2019


Renovação de Renato Portaluppi - 20:13 (0)

Renato diz que renovação não está 100 e que está em alcatraz